8

Carlos Lupi quer PDT com candidatura própria, mas pedetistas maranhenses temem por vagas proporcionais…

http://3.bp.blogspot.com/-J-I_z_fsgWM/U1o9ih3okqI/AAAAAAAAFeY/PThyShxCw0A/s1600/hiltongoncalonova.jpg

Hilton Gonçalo ainda tenta convencer Julião Amin e Weverton Rocha

Há um choque de opiniões no PDT sobre o futuro do partido nas eleições de outubro.

O presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, entende que – após a traição do PCdoB, que tirou a vice do partido – o melhor caminho para a legenda é lançar candidatura própria, para – mesmo que não vença – chegar em condições mais favoráveis de negociações no 2º Turno.

Mas os líderes pedetistas no Maranhão botaram na cabeça que só conseguirão eleger deputados federais ou estaduais se for na chapa do comunista Flávio Dino.

Principal nome do partido para uma disputa majoritária, o ex-prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, calcula que sua campanha poderá garantir, pelo menos, dois deputados federais e quatro estaduais, sobretudo por causa do voto de legenda.

Entre os líderes maranhenses mais temerosos em relação a um afastamento de Flávio Dino – mesmo depois da humilhação imposta  ao partido – estão o presidente pedetista, Julião Amin, e o secretário-geral e deputado federal Weverton Rocha, agora vice-líder do governo Dilma (PT) na Câmara Federal.

Aliados de Flávio Dino meteram na cabeça de Amin e Rocha que eles só conseguirão se eleger se estiverem no chapão comunista.

Além disso, os dois sofrem pressão da bancada na Assembleia Legislativa – Carlinhos Amorim e Valeria Macedo – também convencidos de que a aliança com Dino, mesmo pelo beiço, é o único caminho.

Mesmo assim, Hilton Gonçalo continua a insistir que pode garantir bom espaço para o PDT se for candidato ao governo.

E tem um argumento coerente:

– Com candidatura própria, seja qual for sua votação, o PDT retoma as condições políticas para negociar bem no 2º Turno.

Resta saber quem convencerá quem…

Marco Aurélio D'Eça

8 Comments

  1. Hilton Gonçalo eh a melhor solução para o PDT sendo ele candidato ao governo e Vidigal senador

  2. Esse Adamastor Cruz está mais para Adamastor Pitaco, desde quando Jackson foi traído por Weverton e Julião? Adamastor Pitaco, vc deveria saber mais sobre o que acontece dentro do PDT..

  3. nao existe essa questao de traicao. isso eh mentira criada por alguns que querem criar brigas na oposicao. mas isso a oligarquia sayney e os seus seguidores nao vao conseguir.
    O PDT esta firme e forte no campo das oposicoes, assim como o prefeito edivaldo holanda…
    nao adianta…O edinho pra ter votos tera que compra-los a custas do povo maranhense.
    eh simples assim…

  4. O pior é que muitos maranhenses não querem votar nem no Flávio Dino e nem no Lobinho. Portanto em quem votar???? Precisamos de uma candidatura diferente. E quem sabe estado PDT não seria interessante para o Maranhão?

  5. E o PDT continua traindo, pois enquanto Weverton na Camara Federal é “vice líder” do governo Dilma, no Maranhão, ao Lado de Flávio Dino, é aliado de Aécio.

  6. Blogueiro Marco Deça, soa um tanto quanto falso essa “estória” de traição do PCdoB ao PDT. Ao longo da história há uma série de registros de traições de Líderes pedetistas na política maranhense. Jackson Lago traiu Cafeteira no segundo turno no enfrentamento de Roseana Sarney. Cafeteira, então pedetista, traiu Jackson numa disputa municipal. Julião Amin e Weverton Rocha traíram Jackson ainda no leito de morte. Quase todos os pedetistas traíram Jackson na sua última disputa governamental, daí o “Velhinho” ter desistido da política e da vida. Então, blogueiro Marco Deça, essa “coisa” de traição está no sangue da maioria dos políticos maranhenses. O PDT está sem credibilidade. O que se vê hoje é um monte de oportunistas, cada um defendendo seu interesse pessoal. Simples assim, como vc diz. O PDT se transformou num partido dirigido por vendilhões. Nada mais que isso.

  7. ESSE PARTIDOSINHO, AQUI NO MARANHÃO, ESTÁ MAIS PERDIDO DO QUE CEGO EM TIROTEIO. PRINCIPALMENTE POR TER UM REPRESENTANTE COM WEVERTON ROCHA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *