17

A sabedoria de José Sarney…

“Essa gente que fala, quando falarem, eu peço a vocês, perguntem: ‘onde você colocou um prego numa barra de sabão em favor do Maranhão?. Perguntem o que fizeram pelo Maranhão. E eu posso dizer: nada!”

“Se na minha terra muitas vezes alguns me faltam com o devido respeito que eu mereço, eu posso dizer que nacionalmente, internacionalmente, e mesmo aqui, nunca ninguém teve motivos senão de me tratar com o devido respeito, porque eu sempre procurei duas coisas na minha vida: ajudar os outros e ajudar o meu estado”

“Para me atingir, dizem que o Sarney é o responsável pelos índices do Maranhão, mas pegaram apenas o IDH, que é contestado por muita gente em todo o país. Vejam o Brasil, é o 85º em IDH, mas é a 5º economia do mundo, o Maranhão é o 16º no Brasil, conta-se a riqueza do Estado não é pelo IDH, mas sim pelo PIB. Eles dizem agora: ‘temos que derrubar o Maranhão’. Então começaram essa campanha [para propagar que o Maranhão é um estado pobre]. E o pior é que os nossos inimigos aqui usam isso para me atingir, porque eu sou um político que tenho 50 anos de vida política e nunca meu nome esteve envolvido em qualquer coisa”

José Sarney,  maior político da história do Maranhão

Marco Aurélio D'Eça

17 Comments

  1. Faço das minhas, as palavras da Suellen Sá Brandes…
    Muito bem apontado! Repeite o senhor o Maranhão senador. Repeite o povo maranhense!

  2. Sarney não é apenas o maior político da história do Maranhão. É o maior político da história do Brasil. Tudo que falam contra o Presidente Sarney é pura INVEJA.

  3. Eu preferia mil vezes um Antônio Carlos Guimarães aqui no Maranhao do que o Sarney… O ACM nunca foi presidente desse pais e a Bahia nunca teve tantos ministros sob seu comando político como teve e ainda tem o Sarney…MAS, mesmo assim o ACM conseguiu desenvolver aquele Estado.
    Aqui no MA o Sarney e seu grupo são os IRRESPONSÁVEIS pela miséria e pobreza e falta de estrutura educacional, tecnológica e inclusive de ausência de lideranças executivas que ajuda o
    o Governo e suas instituições (TCE TRE e TJ) a serem o retrato fiel do descomprometimento com a boa gestao, honestidade, moralidade, igualdade e justiça social

  4. JÁ QUE TU NÃO PUBLICOU MEU COMENTÁRIO, VOU TE FALAR DE NOVO, NÃO SE DEVE FALAR QUE UM ESTADO É RICO OLHANDO APENAS PARA POUCAS MESAS, NÃO DEVE FAZER UM PARÂMETRO DA MESA DA FAMÍLIA DO SARNEY, DE DEPUTADOS, VEREADORES, SECRETÁRIOS DE ESTADO DO JUDICIÁRIO E DE OUTROS APANIGUADOS QUE VIVEM PENDURADOS NAS TETAS DO ESTADO UMA VISÃO DE RIQUEZA GLOBAL DO ESTADO, NO MARANHÃO MAIS DE 80% VIVEM DO BOLSA PÃO E CIRCO, POR ISSO É QUE O LOBINHO 30 E TU FORAM INSTRUÍDOS A FALAR MUITO DA PERDA DA BOLSA, TU SABES QUE TUDO ISSO NÃO PASSA DE TERRORISMO, ONDE VOCÊS DOMINAM A ARTE DO TERROR, CONTANDO COM A INOCÊNCIA DOS POBRES MARANHENSES MISERÁVEIS QUE ACABAM ACREDITANDO.

  5. engraçado é que ele não aceita ir pro debate. Se limita a monólogos. Ele não entende que o respeito que lhe e concedido é APENAS e TÃO SOMENTE pela sua idade avançada. Lamentável a postura desse senhor…

  6. IDH contestado??? onde???? esse índice é usado pela ONU, como então não considerá-lo?realmente faltam com respeito ao ex-presidente Sarney, é um homem de idade e merece respeito sim, mas que o Maranhão é o retrato do atraso e isso devemos a ele, aos governadores do grupo dele, e principalmente ao povo burro que elege candidatos desse grupo, isso é incontestável. quanto aos pregos no sabão, gostaria de saber quais pregos foram colocados por Sarney que contribuiram para o desenvolvimento do Maranhão, até porque se o Estado tem um dos piores IDH e o PIB é pífio, então aonde estão esses pregos que Sarney fincou? só se foi na cabeça de nós maranhenses, e não na barra de sabão.

  7. deça no blogdocarlinhos.com.br tem o flavio dino falando pras moscas nos dialogos em sao raimundo do doca bezerra. é triste.

  8. diz respeito ao fato de há décadas o maranhense sem ter trabalho e renda para viver do seu próprio sustento na sua terra natal, parte para o Sudeste, em especial São Paulo e Rio de Janeiro em busca de melhores condições de vida. Mas também Brasília e até outras cidades do Nordeste. Triste, mas pura realidade ainda hoje vermos isso acontecer! Sem perspectivas nenhuma, desesperados partem para fora e lá não encontram nada mais do que subempregos, pois dentre outros motivos falta qualificação (que não lhes foi concedida por décadas de (des)governo!). Além disso tem o custo de vida que não compensa e acabam sobrevivendo precariamente (ainda assim preferem ficar por lá ao invés de voltar, pois é menos pior!). Enfim, esse é o legado deixado pela “famiglia” Sarney a nós maranhenses ao longo de tanto tempo no poder central e regional

  9. ACEITA MEU QUESTIONAMENTO E DEBATA…
    Fica o desafio, para na próxima oportunidade, José Sarney tentar explicar a razão de apresentarmos a menor expectativa de vida na média de homens e mulheres – 68,6 anos – de acordo com dados divulgados pelo IBGE. Seria de bom alvitre justificar o porquê da população de 6,5 milhões de habitantes, 1,7 milhão de maranhenses está abaixo da linha de miséria (ganham até R$ 70 por mês). Dos quase 7 milhões de maranhenses, existem mais de 4 milhões sobrevivendo na base do Bolsa Família.

    Na ocasião, seria interessante debater os motivos de o Maranhão ter 64% da população passando fome e, ainda, as três piores cidades em renda per capita – das 100 cidades com pior IDH, 20 são do Maranhão. As causas que levaram, por exemplo, das 100 cidades com melhor IDH, nenhuma ser do Maranhão; apenas 6,5% dos municípios maranhenses terem rede de esgoto e dos 15 municípios brasileiros com as menores rendas, segundo o IBGE, dez estarem no Maranhão (é o estado brasileiro com maior percentual de miseráveis).

  10. O blogueiro e acima de tudo Sarney são dois grandes fanfarrões. O alegado crescimento econômico sem distribuição de renda não possui nenhuma legitimidade. Não adianta a riqueza permanecer na mão de poucas famílias (Sarney, Murad, Duailibe, Fecury) e mais alguns apaniguados em detrimento de 7 milhões de maranhenses.
    Para a maioria dos maranhenses comuns a política de geração de renda pugnada por Sarney tem sido altamente excludente. Só vê as estatísticas de trabalho escravo, cuja maioria dos trabalhadores resgatados são maranhenses. No massacre de Eldorado dos Carajás a maioria dos mortos eram maranhenses. Cito ainda mais 3 outros casos. 1) Morte de trabalhadores que iam do Pará para uma região de garimpo no Amapá, a maioria eram maranhenses. 2) Desabamento de uma construção em São Paulo, a maioria dos mortos era maranhenses. 3) Resgaste de prostitutas mantinhas reféns em São Paulo, a maioria eram maranhenses. Então que política de inclusão social esse governo possui? Então só podemos concluir uma coisa. SARNEY É RIDÍCULO.

  11. Senador Sarney, desculpe, mas o senhor esta errado, pois, não adianta ter O 16º PIB do Brasil e a renda ficar nas mãos de poucos, por falta de políticas públicas eficazes. Chega, o Maranhão precisa de curar deste atraso chamado “Família Sarney”.

  12. Quando vc. diz do Maranhão, eu digo mais, do Brasil e quem sabe do Mundo. Tive o prazer de conhece-lo quando tinha 10 anos em São Bento porque ele era amigo do meu pai que morreu aos 92 anos ainda defendendo e votando nele. O meu avô costumava dizer esse menino(Sarney) é o Kennedy brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *