6

Educação: Geraldo Castro na mira de Holandinha…

http://2.bp.blogspot.com/-PCCgVtjzstM/UtcOyw7C3II/AAAAAAAARhs/o_eyuuBQtRE/s1600/edivaldoholanda.jpg

Geraldo Castro: desgaste pode tirá-lo da Semed

Há quem garanta nos bastidores da Prefeitura de São Luís que o professor Geraldo Castro Sobrinho tem os dias contados na Secretaria Municipal de Educação.

Duas situações pesam contra ele: 1- a greve dos professores municipais, que já caminha para completar o primeiro mês; e 2- a sua filiação ao PCdoB, partido que, de uma hora para outra, se transformou no principal algoz do prefeito.

Geraldo Castro foi nomeado com a expectativa de que mudaria a realidade da Semed, em decadência desde a posse de Holandinha – quando teve o comando do mesmo PCdoB.

No início, ele ainda conseguiu reorganizar a pasta, mas com a ajuda do PDT, partido que tem o controle absoluto do organograma da educação municipal.

Ocorre que o secretário resolveu peitar o PDT, afastou seus principais indicados e demitiu diretores e secretários escolares ligados aos pedetistas, sobretudo na Zona Rural.

Quando veio a greve, ele já não tinha poder de articulação alguma com o sindicato da categoria.

E para completar, viu seu PCdoB começar a se afastar de Holandinha, o que culminou com as duras críticas dos vereadores Rose Sales e Raimundo Lisboa.

Segundo apurou o blog, Holandinha já procura nomes para a pasta.

E Castro sairia com o argumento de que cuidará da campanha do PCdoB ao governo…

Marco Aurélio D'Eça

6 Comments

  1. Por que não falam logo o nome do cara??? Dizem que é um tal de Paulo Gomes, o Paulinho. Torrou mais de 10 milhões que vieram do governo federal para escolas comunitárias. Isso já foi denunciado. Ele realmente tá construindo um parque aquático. Dando mensalinhos em Mirinzal e Guimarães. Não deve tá agindo sozinho . O Ministério Publico teria que investigar.

  2. Se não fosse o PCdoB junto com o Flávio esse Edivaldo jamais seria uma dia Prefeito de São Luís. Tem mais é que fazer o que o chefe quer.

  3. Marco, a denúncia que o Almeida fez eh muito seria e a algum tempo tenho visto várias desse mesmo tipo contra esse chefe de execução orçamentária. Como pode funcionário público construir parque aquático??? Isso eh verdade Marco? Pq vc não investiga???

  4. Meu amigo se for por causa da filiação ao PCdoB , Holandinha vai ter que tirar muita gente.
    No IMPUR o Eurico Fernandes (PCdoB) está com cargo comissionado.
    Seria até muito bom o Hoalndinha se livrar desses comunistas que estão somando com as suas incompetências.

  5. Marco,não entendo o silencio de vcs da imprensa,do secretario do município e do prefeito diante do desvio de recurso q é feito,e todo mundo sabe,pelo coordenador de execução orçamentaria e financeira na SEMED.O blog do Luis Pablo fez uma denúncia e estranhamente, vinte minutos depois apagou.Os chefes do setor vivem em carrões e padrão de vida incompatível com o salário q ganham,na baixada estão construindo um parque aquático .

  6. Marco,

    A desestruturação da Semed começou em 2008 quando o prefeito Tadeu nomeou o Altemar Lima como secretário. Na gestão do castelo a crise agravou e infelizmente a situação è gravíssima: pedagogicamente, administrativamente e financeiramente, inclusive com uma queda acentuada das matrículas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *