14

Assim a oposição pira! Mais 18 hospitais serão entregues aos maranhenses…

Mais 18 hospitais de 20 leitos construídos e equipados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Programa Saúde e Vida, estarão funcionando até o próximo dia 5 de julho para atender a população no interior do Maranhão. O compromisso foi firmado na manhã desta quarta-feira (11), entre o secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad e prefeitos dos municípios beneficiados, durante encontro realizado no gabinete do gestor estadual.

O governo fará o repasse mensal de R$ 100 mil para o custeio de cada uma dessas unidades.

Ricardo Murad disse que é necessário fazer esta força-tarefa para que as unidades possam funcionar de imediato.

murad

Murd explica aos prefeitos funcionamnto das unidades

– A estrutura física dos hospitais está concluída e os equipamentos estão sendo enviados para essas unidades. Vamos agendar as inaugurações a partir da próxima semana, mas o atendimento à população será iniciado tão logo seja concluída a fase de equipamento. Os recursos serão repassados para que os hospitais funcionem com toda sua capacidade – assegurou.

Estão com todos os equipamentos e serão entregues primeiramente os hospitais de Nova Iorque, Serrano do Maranhão, Davinópolis, Tasso Fragoso e São Pedro dos Crentes.

– Na proporção que os equipamentos e os últimos acabamentos da obra forem finalizados, vamos divulgar o calendário das inaugurações – acrescentou Ricardo Murad.

Serão entregues também as unidades de Bacurituba, Bela Vista do Maranhão, Bequimão, Boa Vista do Gurupi, Conceição do Lago Açu, Fernando Falcão, Junco do Maranhão, Luis Domingues, Pirapemas, Santo Amaro do Maranhão, São João do Paraíso, Cajari e Presidente Sarney.

As unidades de saúde dispõem de 20 leitos para internações, Serviço de Pronto Atendimento (SPA), sala de parto, raio-x, consultórios de pediatria e clínica médica, e também oferecerão exames laboratoriais. O prefeito de Junco do Maranhão, Aldir Cunha já assinou o termo de recebimento do hospital e dos equipamentos.

– A nossa unidade básica de saúde funciona 24 horas e o povo aguarda com ansiedade a inauguração do novo hospital para que possamos fazer a transferência dos serviços – disse.

O prefeito de Bequimão, Zé Martins, disse que a estrutura física está pronta, aguardando somente os equipamentos para iniciar o atendimento.

– Será uma revolução na assistência à saúde. A população terá um espaço maior, mais dignidade no atendimento e melhoria na qualidade dos serviços prestados na saúde pública – ressaltou ele.

A secretária de Finanças de Tasso Fragoso, Reginalda Vieira, solicitou a imediata inauguração da obra.

– A população está contando os minutos para que os serviços de saúde sejam transferidos para a nova unidade, que é mais ampla e com maior conforto para os pacientes – enfatizou.

Marco Aurélio D'Eça

14 Comments

  1. Se já foram inaugurados todos esses hospitais, pq ainda continuam as procissões de ambulância do interior em direção aos Socorrões da capital?

  2. Para todos os babões de politicos uma coisa, não existe salvador da patria tem é que se comemorar o pouco que ainda se faz pelo nosso estado.

  3. A que doença fazer apologia com a saúde como se não fosse um direito constitucional da populaçăo os políticos são pagos e bem pagos pra trabalhar !!!

  4. Se for verdade!!!! é muito bom!!! se funcionar que é o mais difícil…enquanto politicamente….tarde demais…a taca tá garantida.

  5. Por favor, Marco Déça! Tá na cara que essa é mais uma invenção do Governo do Mentirao! Nao sei do que adianta construir hospital se por dentro é uma carcaça velha e como disseram acima: 12 leitos nem é hospital e digo mais, de que adianta entregar se em poucos dias nao tem nem uma gaze? Respeitem minha inteligencia!

  6. mas esse hospitais é para oposição ou para a população? isso é dever do estado, não favor. essa sua patroa fez bem pouco para que la esta a quase 16 anos no poder.

  7. ME DIGA UMA COISA, PORQUE TU FALA EM INAUGURAÇÃO DE TANTOS HOSPITAIS NO MARANHÃO E A POPULAÇÃO DO INTERIOR CONTINUA INDO PARA TERESINA E OUTRAS PARA SÃO LUIS? NÃO CONHEÇO NINGUÉM QUE JÁ TENHA USADO ESTES HOSPITAIS DO RICARDÃO, POR FAVOR, ME FALA AÍ ONDE TEM UM QUE FUNCIONE PORQUE OITO PESSOAS MORRERAM NUM ACIDENTE E MESMO ASSIM VIERAM PARA SÃO LUIS QUANDO ESTAVAM PERTINHO DE HOSPITAIS DO RICARDÃO, PORQUE HEIN?

  8. Esse paspalho chamado Luis dizer que 20 leitos não é hospital, deve ser muito riquinho e não precisa ou nunca precisou de serviços médicos. Me compre um bode seu Dinista bundão, vocês vão é pirar com a Branca.

  9. Tu ouviu ontem na mirante as 20 hs no programa do teu colega, o ex deputado Pessoa citando quantos hospitais estavam fechados no maranhão, olha que ele e aliado de roseana, se não fosse, hospital menos de 21 leitos não tem verba do sus, ricardão nós maranhenses se Deus quizer nos vamos te olhar e preso pela PF.

  10. Kkkkkkkkkkkkkkkk, eita maranhao de betas, so deca mesmo p plantsr uma noticia dessa p quem quiser acreditar, ze martins de bequim. ,ao vai esperar muito por esses equipamentos, e se levarem, no outro dia recolhe e leva p inaugurar os outros 17.
    Simples.

  11. mas a promessa nao era ate o final de 2010 a entrega de 72 hospitais , ora com um atraso de quase quatro anos voces estao com essa comemoraçao toda ,alem do mais isso nao passa de um monte de elefante branco , ha nao esquecendo que e de seu conhecimento uma investigaçao que apura um desvio de mais de R$: 100 MILHOES DE REAIS,justamente envolvendo essas obras, moral da historia nao tem o que comemorar ,e quanto a oposiçao isso nao muda nada o povo quer e flavio dinnnnnnnnnnnnnnnnnnnno

  12. Parabéns ao Governo por entregar 18 hospitais para a população.
    O grande erro (político) foi prometer tantos hospitais e não cumprir, bem como colocar o cargo à disposição se até o dia 05.04 não tivesse cumprido as promessas demonstrando uma clara falta de planejamento. No entanto, qualquer benefício a população deve ser comemorado independentemente da campanha de outubro.

  13. Só aqui no Maranhão, casa de 20 letos é considerado hospital, isso não é considerado hospital nem pelo Ministério da Saúde nem pela Organização Mundial de Saúde. Isso é pura enrolação pois isso são consideradas postos ou unidades mistas de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *