7

Campanha com dinheiro alheio é fácil…

pilha-dinheiro-440x330Do blog de Robert Lobato

Há uma queixa generalizada nesta campanha no quis diz respeito à falta da famosa “estrutura”, “açúcar”, ou seja, dinheiro.

Candidatos a deputado estadual e a federal, tanto da campanha de Flávio Dino quanto de Lobão Filho, reclamam que ainda não chegou a ajuda esperada da parte dos majoritários.

Claro que a chiadeira é maior do lado de Lobão Filho, já que é o candidato do governo, filho do ministro do poderoso Ministério das Minas e Energias, empresário bem sucedido e bem resolvido financeiramente.

Entretanto, é impressionante como tem candidato que parece ser totalmente dependente da estrutura das campanhas majoritárias. Os caras entram numa disputa sabendo que a coisa não é brincadeira, que requer planejamento, articulação, equipe, equipamentos, materiais diversos, enfim, que é uma empreitada onerosa do ponto de vista financeiro, mas ainda assim se metem para depois chorar miséria.

Muitos candidatos, alguns inclusive com mandato, foram mal acostumados ao longo das eleições a fazer campanha apenas com o dinheiro alheio. São incapazes e incompetentes quando têm que meter a mão no bolso.

Passam quatro anos no mandato mas só descobrem que campanha é feita com dinheiro na época da eleição. Continue lendo aqui…

Marco Aurélio D'Eça

7 Comments

  1. Está completamente certo. As queixas são imensas, tanto de prefeitos e ex qto dos candidatos à reeleição e dos novos, os políticos no geral. Eu fico só observando, todos reclamarem que falta “estrutura”, mas ao longo de 4 anos ganharam muita “estrutura” com emendas e convênios e ainda querem mais do governo e dos agiotas tb, são insaciáveis. Não se faz política por paixão e boa-fé, tudo gira em torno do dinheiro e os interesses são mesquinhos e escusos, pq só abrem a boca para falar das propostas do seu candidato(a) se estiverem muito bem “estruturados”, estou impressionada com tamanha falta de caráter e compromisso com os interesses da sociedade e do povo!! Lamentável!!

  2. Está completamente certo. As queixas são imensas, tanto de prefeitos e ex qto dos candidatos à reeleição e dos novos, os políticos no geral. Eu fico só observando, todos reclamarem que falta “estrutura”, mas ao longo de 4 anos ganharam muita “estrutura” com emendas e convênios e ainda querem mais do governo e dos agiotas tb, são insaciáveis. Não se faz política por paixão e boa fé, tudo gira em torno do dinheiro e os interesses são mesquinhos e escusos, pq só abrem a boca para falar das propostas do seu candidato(a) se estiverem muito bem “estruturados”, estou impressionada com tamanha falta de caráter e compromisso com os interesses da sociedade e do povo!! Lamentável!!

  3. TEM COISAS QUE SÃO MUITO DIFÍCIL DE COMPREENDER: QUANDO É HORA DE DAR AUMENTO PARA OS FUNCIONÁRIOS DO BRASIL, NÃO HÁ ORÇAMENTO, QUEBRA A PREVIDÊNCIA SOCIAL + QUANDO CHEGA O PERÍODO ELEITORAL NO BRASIL O DINHEIRO APARECE DE TUDO QUANTO É JEITO – PARA PAGAR CONTA DE LUZ, ÁGUA, GASOLINA PARA CABOS ELEITORAIS – VIAGENS DE AVIÃO, HELICÓPTERO E O SACAMBAL, ETHA PAÍS VAGABUNDO

  4. Essa turma toda do governo faz campanha com o nosso dinheiro, exemplo disso Ricardo Murard colocando o dinheiro da saude na campanha da filha e do genro, vou falar aqui bem baixinho a batata dele esta assando. Esse dinheiro nossso seu filho da p…………………………….

  5. O Deputado Marcos Caldas é um dos poucos que não está com esse tipo de problema. Ele não espera Governo, nem ajuda de A ou B! Bota é pra moer sozinho na sua eleição e vai ser o primeiro da sua coligação.
    Nesse eu boto fé!

  6. Concordo com voce, é o caso da filha do Ricaço Murad, usando o dinheiro da saude em uma campanha milionaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *