9

Inseguros, aliados de Flávio Dino tentam desqualificar Ibope…

marcio

comentário do sabujo e reposta da matilha

A tropa-de-choque do chefão comunista Flávio Dino na Internet tenta, desde o início da semana, desqualificar a pesquisa do Ibope, que será divulgada hoje pela TV Mirante.

Como não confiam nos institutos que alugaram para fazer suas pesquisas, os dinistas não têm certeza de seu desempenho.

E mesmo antes de saber o resultado do instituto carioca, tentam desqualificá-lo.

O lugar-tenente de Flávio Dino  – sabujo* e chefe da matilha* dinista na internet – jornalista Márcio Jerry, chegou a agredir o Ibope em seu perfil no twitter.

E disse que qualquer resultado que d~e uma diferença de menos de 30 pontos pode ser considerado marmelada.

E se o Ibope confirmar as pesquisas divulgadas, como ficam os sabujos???

 

*Sabujo e matilha são termos usados por Márcio Jerry et caterva na internet para se referir a jornalistas e blogueiros que não rezam em sua cartilha. Serão tratados da mesma forma neste blog

Marco Aurélio D'Eça

9 Comments

  1. E a DATA M do José Machado, funcionário do Roberto Rocha? Vocês já se perguntaram o pq das pesquisas divulgadas desde o inicio da campanha apontarem diferença de 30%? É natural a queda do candidato do PC do B. Quem passa pelos municípios do interior observa grande volume de campanha do Lobão Filho… Ainda sobre o instituto de pesquisa, observem quem contratou as pesquisas desde o início… TV GUARÁ…qual o interesse em patrocinar a pesquisa e qual a relação desse grupo empresarial com a Dalcar….
    Ou oito ou oitenta….ou as pesquisas da DATA M acertaram em cheio a real situação eleitoral ou não passam de uma tentativa, talvez até cara, de vencer a batalha entre os institutos e tentar convencer eleitores a votar em quem está na frente! O engraçado é que se o IBOPE divulgasse os mesmos 30% tudo estava certo e a eleição dada como certa a trinta dias da eleição. Acredito no segundo turno…

  2. A PIADA FOI BOA.
    IBOPE SEMPRE FOI MOTIVO DE PIADA NO MARANHÃO. NUNCA ACERTOU NADA.
    TÁ ERRANDO FEIO DE NOVO E VASER RIDICULARIZADO MAIS UMA VEZ.
    MELHOR VOCÊS FICAREM MESMO COM O ENGANOMÉTRICA.
    ESSA TÁ GANHA. FLAVIO GOVERNADOR

  3. Não interessa o resultado do IBOPE, é um Instituto para negócios. O que INTERESSA é falar sore a reportagem da VEJA. Então, diga algo BANDID’EÇA. Diga, não fique calado, diga pelo amor de DEUS.

  4. Ta na cara que quem define a eleição no estado é dinheiro, se não fosse Zé Reinaldo Mentira, o jackson Lago tinha levado uma sova em 2006, mas o dinheiro falou mais alto, em 2010 o dinheiro falou mais alto, em 2014 quem tiver dinheiro leva a disputa para governador, e para os demais cargos no legislativo, tanto para federal, como para estadual.

  5. IBOPE SÓ TEM NOME, MAS NÃO TEM CREDIBILIDADE, SEMPRE ERROU AQUI PRA BENEFICIAR O CANDIDATO DO SARNEY.

  6. E o ibope precisa de terceiros para desmoraliza-lo? Acompanho pesquisas eleitorais desde 1998 e nenhum Instituto divulgou prognósticos tão equivocados quanto o Ibope. Em 2005, por exemplo, faltando um ano para o pleito em que Roseana foi derrotada, o Ibope colocou a oligarca com 65% de intenção de votos, enquanto Jackson, o vencedor, aparecia com 15%, uma diferença de 50 pontos, algo queJ jamais fez parte da realidade, nem a dois, nem a um ano, nem a um dia das eleições. Portanto, Ibope já se desqualificou por conta própria. Ao contrário do Data M, que já acumula acertos impressionantes.

  7. Caro blogueiro, infelizmente é que o IBOPE, sempre “erra”, principalmente aqui no Maranhão. A propósito, no blog da Ligia Teixeira, ela demonstra isso, inclusive com as manchetes do Jornal EMA, em 94 dizia que Roseana ganharia no primeiro turno; não ganhou e em 2006 também disse que ganharia e não ganhou… Por isso, qualquer eleitor desconfia.

  8. Mas também depois das ultimas pesquisas divulgadas pelo ibope no Maranhão como aquela que dava Roseana com 71% contra Jackson lago,quem pode confiar em um instituto desses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *