0

Hackers tentam invadir o TSE…

O sistema tecnológico do TSE sofreu um ataque de hackers há duas semanas. Foram feitas 200 mil tentativas de acesso por segundo. A ofensiva dos piratas foi detida. Integrantes do Tribunal explicam que, se a operação tivesse êxito, poderia ter provocado “entupimento da totalização” dos votos. Isso poderia retardar o anúncio do resultado amanhã e daria munição para derrotados se apresentarem como vítimas de fraudes.

O ataque e a eleição de amanhã

O bombardeio dos hackers foi detectado pelo aparato de defesa, constituído por clones do sistema verdadeiro espalhados pelo mundo. Para conter a tentativa, o sistema foi tirado do ar e o mesmo está sendo feito nas horas que antecedem a votação. A ação orquestrada partiu do exterior e suspeita-se que se trata de uma mera competição. Ganha o hacker que entrar. Um assessor do TSE garantiu que a votação nunca esteve em risco. Explicou que as urnas eletrônicas são um sistema isolado e cada seção imprime o resultado. Os dados são criptografados em cartões “flashcard”. E a transmissão é feita por linhas exclusivas que são contratadas de empresas de telecomunicações.

Da coluna Panorama Político, de O Globo

 

 

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *