0

Divisão por três…

http://www.blogsoestado.com/zecasoares/files/2013/02/hildo.jpg

Hildo Rocha terá postura definida

Três blocos distintos formarão a bancada federal maranhense a partir de fevereiro de 2015, quando tomam posse o novo senador e os deputados federais eleitos em outubro.

No primeiro grupo, que deve , estarão os deputados federais eleitos pelos partidos que comporão a futura oposição no estado, como Hildo Rocha (PMDB), Sarney Filho (PV), Aluísio Mendes (PSDC), Alberto Filho (PMDB),Victor Mendes (PV), João Marcelo Sousa (PMDB) e Júnior Marreca (PEN).

No outro lado, comporão a bancada os chamados dinistas, eleitos pela coligação do governador eleito Flávo Dino (PCdoB): José Reinaldo Tavares (PSB), Rubens Pereira Júnior (PcdoB), Waldir Maranhão (PP), Weverton Rocha (PDT), que pode ter eventualmente a presença também do petista Zé Carlos da Caixa.

http://blog.jornalpequeno.com.br/raimundogarrone/files/2014/08/rubens-j%C3%BAnior.jpg

Rubens Júnior: vinculado ao futuro governo

No terceiro bloco formarão os independentes – parlamentares que, embora eleitos por um grupo ou por outro – tomarão posições mais pessoais, não levando muito em consideração a orientação de A ou de B.

Estão neste grupo os reeleitos Pedro Fernandes (PTB) e Cléber Verde, e os eleitos João Castelo (PSDB), André Fufuca (PEN), Juscelino Filho (PRP) e Eliziane Gama (PPS).

Além deles, haverá o senador Roberto Rocha (PSB), primeiro eleito pela chamada oposição na história do Maranhão.

Mas Rocha também adotará postura independente, apesar da eleição pela chapa do governador Flávio Dino.

É aguardar e conferir…

 

Publicado na coluna EstadoMaior de 02/10/14, com ilustração do blog

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *