5

Imagem do dia II: o fim da farra do Pirata…

pirata

A Secretaria Municipal de Urbanismo retirou hoje – um dia depois da denúncia do blog – o verdadeiro condomínio que o “pirata da Litorânea”, agora em companhia de outros dois “moradores”, estava montando na Praia do Calhau. No local, com vista privilegiada, o Pirata já tinha montado uma espécie de castelo, com “varanda”, “área de lazer” e “solárium”. A Blitz Urbana foi lá e desmontou tudo, limpando a vista de quem trafega pelo ponto turístico que é a Avenida Litorânea. (imagem: O EstadoMaranhão)

Marco Aurélio D'Eça

5 Comments

  1. Nao entendo porque tanta perseguição com esse rapaz todo dia se ver pessoas invadindo área publica se faz nada.

  2. Me chama atenção uma coisa… quer dizer que só porque o cara estava morando na área nobre não pode ficar… quantos piratas não estão por ai morando debaixo de viadutos e pontes e não vejo ninguém reclamando. Porque viaduto e ponte o pobre pode ficar, mais ter direito a vista para o mar não…. somente a elite burguesa tem esse direito. Lamentável.

  3. Isso ai virou foi sacanagem, as vezes não dá vontade de comentar porque o poder público não toma as devidas providencias, que colocar esse pirata atrás das grade ou colocar ele em uma canoa para ver se ele chega na sua cidade natal.

  4. Por falar nisso, por quantas andam promessas moradia e outras mais, que foram feitas no momento da apreensão do “carro hotel”, o fusca do “Pirata da Litorânea”?
    Dessa vez a limpeza do local não causou grande repercussão e os políticos que não podem ouvi falar em holofotes não dão à mínima…
    Por falar em invasão do espaço público , as margens das rodovias que cortam o nosso estado estão sendo tomadas por proprietários de terras que não respeitam a FAIXA DE DOMÍNIO e constroem cercas às margens das estradas, colocando em risco a segurança e a vida dos que circulam por essa estradas.
    Como se não bastasse a “vala da morte” escavada pelo DNIT nos acostamentos, agora temos cercas sendo construídas, em terreno público, e ninguém faz nada, ninguém diz nada, ninguém toma nenhuma providência…
    Diante a tamanho descaso, ficamos nós expostos ao perigo e com a sensação de que os órgãos de fiscalização só servem para garantir boa vida para uns poucos e servir de cabide de emprego para os apaniguados dos poderosos.
    Lamentável!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *