5

Secom virou cartório de desmentidos…

secomA imagem que ilustra este post é um print de uma caixa de e-mails.

Nela, é possível ver 16 mensagens encaminhadas por órgãos públicos ou privados interessados em divulgação, das quais seis da Secom-Maranhão, que é como se identifica a Secretaria de Comunicação do Estado.

Mas nestes primeiros dias de novo governo, a Secom parece ter-se transformado em um cartório de desmentidos.

Das seis mensagens encaminhadas pela secretaria, metade trata-se de notas de esclarecimento de alguma questão mal explicada do governo Flávio Dino (PCdoB).

Desde a posse de Dino, a Secom tem ocupado boa parte do seu tempo a tentar explicar-se de ações não compreendidas pela opinião pública.

Algumas, com deboche desnecessário, como no caso dos mantimentos para a cozinha do Palácios dos Leões; outras, sem explicação, como a questão do nepotismo, cruzado ou não, já constatado no governo Dino.

O curioso nas notas é que elas – sabe-se lá a que pretexto – não informa a fonte da informação contestada.

E haja desmentidos genéricos…

Marco Aurélio D'Eça

5 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *