13

Flávio Dino quer fazer parceria com Holandinha usando dinheiro de Dilma…

Ao invés de liberar recursos à prefeitura, o governo maranhense vai apenas catalogar projetos dos municípios para intermediar a liberação dos financiamentos do Governo Federal, estratégia que necessitará de boa articulação em Brasília, que Dino não tem – muito menos Edivaldo

 

Holandinha com Dino: e é Dilma é quem vai pagar a conta?

Holandinha com Dino: Dilma é quem vai pagar a conta?

Incapaz de solucionar os problemas de São Luís nos dois anos em que comanda a Prefeitura de São Luís, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) quase entrou em êxtase com o anúncio de que o governador Flávio Dino (PCdoB) iria ajudar sua gestão.

Mas o que se viu no início da semana, durante a reunião de Dino com os prefeitos da Grande São Luís é que a coisa não é bem assim como ele pensava.

O governo Dino não vai liberar um tostão para Holandinha – pelo menos não oficialmente.

O que governador se propôs – e isso ficou claro no discurso do chefe da Agência Estadual de Mobilidade Urbana, José Arthur Cabral – foi catalogar todos os projetos dos municípios da região metropolitana e agir em Brasília para a liberação dos recursos. (Leia aqui)

Ou seja, Dino quer fazer caridade com o chapéu alheio.

O problema é que, para captar recurso federais, o governador – e o próprio prefeito – precisam ter forte articulação em Brasília, o que nem um nem outro tem.

Desde a sua vitória, Flávio Dino tenta agendar, sem sucesso, um encontro com a presidente Dilma Rousseff (PT). (Leia aqui)

Ela sequer cogita receber o comunista, ressentida com a  postura furta-cor do ex-aliado durante a campanha eleitoral.

Holandinha nem contato com Dilma tenta, por que sabe que não tem a menor chance de estar com a presidente.

E diante desta situação, a sonhada parceria, com a qual Holandinha fica em êxtase, parece que ficará apenas no blablablá.

É aguardar e conferir…

Marco Aurélio D'Eça

13 Comments

  1. Se eu não tivesse vendo nenhuma ação eu ate lhe daria razao blogueiro, mas a Prefeitura tem trabalhado sim com esse apoio de Flavio. O centro historico por exemplo esta vivendo um momento de renovação mesmo. Quem acompanha as publicações da subprefeitura vê que o trabalho ali agora é diário. Vamos torcer positivamente.

  2. Ai agora é Flávio que não tem articulação? Meu filho, leia bem o que u estou dizendo: este governador do Estado vai ser presidente do país, ele nao está pra brincadeira não. E outra; Edivaldo tem sim acesso a Dilma. Aliás, ele se posicionou muito bem durante o segundo turno manifestando apoio a presidenta. Isso não será esquecido.

  3. Ow mas bom era com Roseana né? Claro… com Sarney múmia e seus mil e um tentaculos politicos articulação nao iria faltar… assim como nao faltaram escandalos de corrupção e fraude.

  4. Mas gente parem de recalque. O homem busca parcerias para colocar mais trabalho pra cidade e voces só jogam areia? é como se quisessem ver Sao Luís ruim mesmo, só pra ter o que criticar.Isso nao faz o menor sentido. é uma oposição burra

  5. Flavio Dino não tem o topete de Sarney nem chega perto do Ex presidente da Repúblic,ex presidente do Senado,menbro da Academia brasileira de Letras e da Academia Maranhense de Letras.Sarney quase elege Roseana presidente do Brasil,lembram.Flávio Dino depois desse governo desastroso não se elege nem presidente de associação.

  6. Marco , se Roseana nao fazia , deixa o dino trabalhar … Flavio Dino para Presidente em 2022

  7. Deixa de ciúme. Informa direito. O que já foi divulgado é que uma parte do recurso para asfalto é do governo mesmo, do cofre do estado. Outra parte é do governo federal através do BNDES. E a outra parte é essa ai do Cabral fala. Entendeu, né?

  8. Marco,
    Tu achas que não é o correto procurar o governo federal para liberar recursos para os estados e municípios?
    Ou o correto é como Rosengana fazia com seus aliados?

  9. “…usando dinheiro de Dilma”. Agora, para D’eça, Dilma é a dona do dinheiro dos brasileiros. Quando eu digo que tu não passa de um blogueiro de meia pataca, ainda me ataca. E outra, Dilma está no mato sem cachorro, ela mesma não tem articulação política no Congresso, como ficou bem demonstrada na votação da mesa diretora da Câmara Federal. Levou uma surra e foi humilhada, com aquele bigodudo (não o Sarney!) do Mercadante fazendo cara de paisagem. Ela precisa de toda articulação que for necessária e não irá recusar apoio de quem quer que seja, incluindo Dinho e Holanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *