0

Edilázio lamenta perda de turistas em São Luís…

edi

O primeiro secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, deputado Edilázio Júnior (PV), cobrou hoje da Comissão de Obras e Serviços Públicos da Casa, uma visita à Secretaria de Estado do Turismo, para que busque explicações a respeito da queda acentuada, nos sete primeiros meses da gestão do governador Flávio Dino (PCdoB), do fluxo de turistas no estado.

O posicionamento do parlamentar ocorreu após a manifestação de membros da comissão sobre uma vistoria realizada ontem pelo colegiado, no Aeroporto Marechal Hugo Machado, em São Luís. O objetivo da visita ao aeroporto foi apurar as causas do atraso na conclusão das obras de ampliação e adequação do espaço.

Apesar de reconhecer a importância da visita ao aeroporto da capital, o parlamentar destacou a necessidade de se verificar o que de fato a gestão estadual está fazendo para atrair turista para o estado.

– Não adianta a gente ter o aeroporto mais bonito do mundo se não há turista. Desde o começo do governo Flávio Dino vem caindo mês a mês o fluxo de passageiros no aeroporto. Para se ter uma ideia, em janeiro de 2014, no auge da crise no Maranhão, com aquelas decapitações em Pedrinhas, nós tivemos 177 mil passageiros no aeroporto. Em janeiro deste ano tivemos apenas 125 mil – disse.

Edilázio apontou outros dados preocupantes em relação à queda do turismo no Maranhão.

– O nosso Carnaval foi o mais fraco da história com relação ao turismo, o São João a mesma coisa. Os hotéis estão fechando por conta da falta de fluxo, as nossas praias estão poluídas. Anteriormente tínhamos dificuldade para encontrar mesas nos restaurantes, hoje as encontramos com a maior facilidade, justamente por falta de turistas na capital. Falta política pública de turistas. Para se ter uma ideia, nos três primeiros meses do ano caiu em 17,64% o número de passageiros do aeroporto”, disse e completou. “É válido ter um aeroporto bonito. Mas não adianta ter um aeroporto funcionando às moscas. Precisamos sim que a Secretaria de Turismo do nosso estado mostre a que veio e o que está fazendo pelo nosso Maranhão – finalizou.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *