4

Guerra no futebol maranhense…

Polêmica envolvendo terreno supostamente vendido elo Sampaio Corrêa fez o presidente do clube, Sérgio Frota, envolver na confusão o Moto Clube, cujo presidente reagiu duro

Em meio à polêmica causada pela suposta venda do terreno-sede do Sampaio Corrêa pelo seu presidente, Sérgio Frota,  abriu-se uma batalha verbal, envolvendo os dois principais clubes do Maranhão.

 

SergiopFrotaEssa área nunca esteve no nome do Sampaio, pois já teria sido penhorada há muito tempo. Somente em março desse ano depois de 94 meses à frente do Clube obtivemos regularidade fiscal (INSS, FGTS, Dívida Ativa, Justiça do Trabalho). Perguntem se o CT do Moto está no nome do Moto (…) Futebol Maranhense tirando o Sampaio não existe. Por que será ?

Sérgio Frota, presidente do Sampaio, envolvendo o Moto em sua polêmica

Ao tentar se explicar, Sérgio Frota deu a declaração acima, citando nominalmente o Moto Clube, o que levou a uma nota pública do presidente do Moto, Hans Nina.

HansNinaOs problemas que envolvem a posse e propriedade do Centro de Treinamento do Sampaio são de sua inteira responsabilidade (…) O CT Pereira dos Santos, doado pelo ex presidente de mesmo nome, é de propriedade do Centro Motense, associação de torcedores, com personalidade jurídica própria, e cedido para uso ao Moto Club, não tendo sido objeto de venda, negociação, hipoteca, penhora ou loteamento, sob quaisquer pretextos”

Hans Nina, presidente do Moto, em reposta a Frota

E, desde então, os dois principais clubes de futebol protagonizam uma guerra.

Mas, desta vez, vergonhosamente, fora dos gramados…

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Sérgio Frota,…
    Sou Boliviano,… não sou IDIOTA!
    Torcer não quer diizer que temos que aceitar/acatar todos os seus atos!
    Essa história tem muita coisa obscura!
    Não no blá blá blá, apenas agredindo MIRANTE, IMPARCIAL e MARRAPA não prova nada! Mostre documentos!

    Agradecemos ao status que o Sampaio chegou nessses ultimos anos, mas,… você também se beneficiou, não apenas como torcedor (como você tanto gosta de falar),… se elegeu vvereador, deputado, graças a nação Boliviana! Um terreno que vale 30 milhões ser vendido por 6 milhões é no minimo suspeito!
    Volto a dizer,… sou BOLIVIANO,… não OTÁRIO!!!

  2. Falta algo hoje ao Sampaio Correa e ao futebol Maranhense algo fundamental para que empresas sérias coloquem suas marcas a um clube de futebol CREDIBILIDADE. O que estamos presenciando atualmente com a situação patrimonial do Sampaio é o exemplo. Na “calada da noite” em 2009 um terreno avaliado em R$ 30 milhões de reais e vendido por R$ 4 milhões e NINGUEM sabia disso,no clube não existe Conselho Deliberativo? Não existe Conselho Fiscal? Ou são meros fantoches? O que me espanta é que diante desse descalabro administrativo alguns “torcedores” ou “fakes” apoiam a ilegalidade dessa ação em comentários no site do Clube, não sei se por ignorância ou má fé, pois quem apoia corrupção é corrupto. É triste ver as opiniões dos adeptos do nefasto “rouba mais faz”, aposto que essas pessoas que estão ao lado da diretoria condenam em suas conversas ente amigos a Prefeita de Bom Jardim Lidiane Leite, achando “absurdo” o que ela fez mas endossam essa ato da diretoria de dilapidar o patrimômio do clube.Engolem fácil uma versão que foi criada em 72 horas apos o caso aparecer na mídia de uma “parceria” que em 6 anos nunca se efetivou. Por que não foi tornado publico a época, como aconteceu com as negociações do CT do MAC? Simples…. O presidente usa os recursos para indiretamente obter vantagens pessoais financiando sua campanha politica com recursos do clube e o discurso de benemérito “tirando dinheiro do próprio bolso para bancar o time”. Pessoas que apoiam essa imoralidade não são “bolivianos” e sim “Sergio Frotistas” bajuladores que estão na folha de pagamento do dirigente, são pessoas vazias em seus discursos que na falta argumentações imputam aos que não concordam com esses desmandos de “motenses” e outros adjetivos pejorativos, como não podem contestar os fatos. O ministério publico deve ser agora provocado para averiguar esses desmandos.

  3. O deputado Frota quer mudar o foco da questão. Não adianta ele querer envolver o moto clube que está mais ¨moto¨do que vivo . Ele tem é que justificar a venda do patrimônio do clube, sem dar satisfação aos sócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *