0

Sousa Neto sugere que grampo de Flávio Dino derrubou Rosângela Curado…

Deputado que denunciou a suposta espionagem do governo ao Ministério Público diz que as escutas telefônicas ilegais atingiram não só a deputada, mais o subcomandante da PM, coronel Raimundo Sá

 

Sousa Neto já denunciou a espionagem do governo ao Ministério Público

Sousa Neto já denunciou a espionagem do governo ao Ministério Público

Principal denunciante de um suposto esquema de espionagem montado no governo Flávio Dino (PCdoB) para monitorar aliados e adversários, o deputado estadual Sousa Neto tem convicção de que este esquema foi a causa da derrubada de do auxiliares do próprio governo.

De acordo com Sousa, a ex-subsecretária de Saúde, Rosângela Curado, e o ex-sub-comandante da Polícia Militar, coronel Raimundo Sá, foram vítimas da espionagem comunista.

Segundo especulou-se na imprensa, Curado teria sido “convidada” a deixar o cargo após ter sido monitorada em conversas telefônicas. O mesmo ocorreu com Raimundo Sá, exonerado após vazar áudio de uma conversa dele com oficiais da polícia.

– Estamos diante de algo muito grave: a estrutura do Estado hoje é feita para perseguir – afirmou Sousa Neto, que denunciou o caso ao Ministério Público.

para o deputado, a denúncia é gravíssima, e deve ser levada a todos o órgãos de controler externo, para evitar que o Maranhão se transforme numa ditadura comunista a la Cuba, Venezuela, Rússia, Coreia do Norte, onde adversários são perseguidos e aliados são exterminados para manter o poder do regime.

Por isso a denúncia ao Ministério Público…

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *