1

Josimar de Maranhãozinho na luta pela BR-135…

Josimar com o ministro e o diretor do DNIT

Josimar com o ministro e o diretor do DNIT

Do blog do Minard

O Presidente do Partido da República (PR) no Maranhão, deputado Josimar de Maranhãozinho, esteve na última quarta (25) em Brasília para conversar com o colega de partido e ministro dos Transportes Antônio Carlos Rodrigues  sobre a paralisação das obras da BR 135, principal rodovia de entrada à nossa capital.

Na audiência Josimar relatou ao Ministro que a população do Maranhão aguarda com muita expectativa a conclusão das obras e da sua vital importância para o Estado. O deputado também falou das dificuldades que as empresas que estão envolvidas no processo estão passando devido ao atraso na liberação dos recursos das medições já realizadas em vários trechos da BR.

“Já está em andamento e na próxima semana o DNIT estará convocando todas as empresas para entrar em acordo e que essas empresas continuem não só no Estado do Maranhão, mas no Brasil inteiro com as obras em execução e automaticamente a nossa BR-135 também irá continuar com os seus trabalhos, e a sua execução como sonhamos e como nós maranhenses queremos”, disse o deputado.

Após explanar todos os motivos e dificuldades que estão emperrando os serviços, Josimar recebeu do ministro a notícia de que a partir da próxima semana todas as empresas que estão executando os serviços na rodovia poderão fazer empréstimos junto ao Banco do Brasil, subsidiado pelo próprio Ministério, para poderem pagar as despesas tendo os bancos a garantia das próprias medições das obras.

É importante salientar que, pelo fato de o Ministério dos Transportes ser comandado pelo PR, a conversa conseguiu ser mais proveitosa e com soluções reais para o problema da BR-135.

Esteve também no encontro o superintendente do DNIT do Maranhão Gerardo Fernandes, que acompanhou o deputado Josimar.

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Deixa de conversa Quem é esse josimar pra ter essa influencia toda. Peguem a babosa do homem mas não queira nos fazer de bobos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *