11

Polícia Federal: explicações a dar…

Delegados que comandaram a operação “Sermão aos Peixes” agiram como verdadeiros agentes políticos em defesa do governo Flávio Dino, criminalizando até a mídia que lhe faz oposição, numa atitude fora dos padrões republicanos defendidos pela própria instituição

Resposnáveis pela operação "Sermão aos Peixes": mais do que ação, posição política clara em relatório

Responsáveis pela operação “Sermão aos Peixes”: mais do que ação, posição política clara

Editorial

Mantido em sigilo pela própria Polícia Federal, o relatório da operação “Sermão aos Peixes”, que levou para a cadeia representantes de empresas prestadores de serviços à Secretaria de Saúde e donos do Instituto Cidadania e Natureza (ICN) – além de ouvir servidores da própria secretaria – acabou vazando para a imprensa.

E o que se extrai do documento, desde então, são  fatos e dados não tão republicanos quanto deveria ser a ação, sobretudo por estar vinculada à Procuradoria-Geral da República.

Desde segunda-feira, 23, partes do relatório têm sido divulgadas em blogs, rádios e jornais. E mostram que o raio de ação da operação poderia ter sido muito mais extenso do que divulgaram os delegados federais. Eles chegaram a afirmar não haver na investigação nada relacionado aos governos José Reinaldo Tavares (PSB) e Jackson Lago (PDT), e também no governo Flávio Dino (PCdoB).

Mas havia sim.

O que se vê nos relatórios é que membros do governo Jackson, como o ex-chefe da Casa Civil, Aderson Lago, e até o atual secretário de Saúde Marcos Pacheco, também foram investigados pela Polícia Federal, inclusive com interceptações telefônicas, os populares grampos.

Mesmo assim, nenhum deles foi arrolado na operação “Sermão aos Peixes”, que decidiu se prender a um único período, o de 2010 a 2013.

Trecho do rela´torio da Polícia Federal: tentativa de criminalização dos que fazem oposição a Dino

Trecho do relatório da Polícia Federal: tentativa de criminalizar quem faz oposição a Flávio Dino

Porque os responsáveis pela operação decidiram poupar estes investigados? ainda não se tem resposta.

Mas o relatório da própria Polícia Federal, agora tornado público, pode ser uma chave para entender a posição dos delegados. No documento, eles chegam a condenar opositores por tentarem “desestabilizar o atual governo”, como se a atividade política diária fosse uma ação criminosa.

O fato é que, diante dos documentos que vazaram a imprensa, a operação “Sermão aos Peixes” precisará encontrar seu eixo fundamental, para evitar que caia na vala comum de mais uma operação destinada a perseguir adversários dos que estão no poder.

E essa resposta só poderá vir da própria responsável pela operação, a Polícia Federal.

Gostem ou não os seus delegados…

Marco Aurélio D'Eça

11 Comments

  1. Não conheço ninguém que concorde com isso, a PF está fazendo e muito bem feito o seu trabalho.

  2. AS PESSOAS DO GOVERNO DE JACKSON E ZÉ REINALDO NÃO FORAM ARROLADOS NO PROCESSO PQ CERTAMENTE NÃO TEM PROVAS CONTRA ELES. VC ESTÁ VENDO QUE ATÉ SENADOR ESTÁ SENDO PRESO PELA PF.

  3. ESTÁS INCOMODADO POR TER SIDO PEGO COM A BOCA NA BOTIJA PELA POLÍCIA FEDERAL , BLOGUEIRO? BOTA A BARBA DE MOLHO , QUE VEM MAIS CHUMBO GROSSO POR AÍ … SERÁ TORNADO PÚBLICO , NÃO SENDO MILAGREIRO E GANHANDO PEQUENO SALÁRIO DE JORNALISTA, COMO FICASTE RICO DE UMA HORA PARA OUTRA. NA VERDADE , TODOS JÁ SABEM QUE FOI O DINHEIRO DESVIADO DA SAÚDE PELO PSICOPATA , RICARDO MURAD, QUE LHE ENRICOU , PORÉM A NOVELA AGORA GANHARÁ NOVOS INGREDIENTES…, PODE APOSTAR!!!

    Resp.: tsc, tsc, tsc, tsc, tsc, tsc, tsc…. (com cara de enfado)

  4. Isso se chama crime de prevaricação por parte dos delegados, art. 319 do Código Penal.

  5. Explicações a dar tem GILBERTO LEDA, MARCOS D’EÇA, LUIS CARDOSO, ZECA SOARES, LUIS PABLO e JORNAL O ESTADO DO MARANHÃO. Acorda blogueiro!

    Resp.; As minhas explicações eu dou diariamente neste blog. Explicações que incomodam corruptos, pilantras, e gente posicionada politicamente. E eu adoro isso. Gostem ou não os delegados federais, para os quais eu não estou nem aí.

  6. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKashuahsuahsuhasuhaushuahsuhasuhasuhaushuahsuahsuhasuhaushuahsuahsuahsuahsuhasuhasuhaushuahsuahsuashuashuahsaushuahsuahsuahsuhasuahsuahsuahssuashuashuahsuasha

  7. A se configurar na prática o que diz o texto sobre a posição dos delegados federais que investigaram o assunto, a pregação deles é, realmente, a de fazer um “sermão aos peixes”, isto é, os peixes não irão contestar nenhuma afirmação, mesmo que estejam morrendo por falta de oxigênio, como hoje se vê no rio Doce, em MG, não é mesmo?

    Mas, se essa investigação é tendenciosa, e visa a proteger uns a atacar somente os alvos seletivos, então a imprensa tem mesmo é que vazar a informação verdadeira.

    O STF, através de seus ministros, que votaram por unanimidade a prisão do senador Delcídio do Amaral, estão demonstrndo claramente que a impunidade neste país está com os dias contados, graças às manifestações públicas contra a corrupção, roubalheira e demais atos escandalosos cometidos pelo PT.

    Assim, não há como nem porque se omitir a verdade sobre uma investigação da PF no Maranhão, envolva a quem envolver, não é isso?

    JESUS DOS SANTOS

    Resp.: Grato pela participação serena e esclarecedeora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *