3

José Serra cada vez mais entrosado com o PMDB…

Nem mesmo a “vinharada” na cara, que levou da ministra Kátia Abreu, em uma festa do partido, deixou o senador tucano constrangido entre os peemedebistas

 

Serra com os líderes do Congresso: potencial "primeiro ministro"

Serra com os líderes do Congresso: potencial “primeiro ministro”

Foi um constrangimento geral, é verdade…Mas nem mesmo a taça de vinho que a ministra da Agricultura, Kátia Abreu jogou em sua cara – merecidamente, pela indelicadeza cometida – deixou o senador José Serra (PSDB) constrangido entre os peemedebistas.

Serra foi um dos últimos a sair da festa oferecida pelo senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), quarta-feira, 9, em Brasília.

Bebeu, conversou e se mostrou à vontade entre os membros do PMDB, entre eles o vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP).

Há tempos este blog vem mostrando uma aproximação de Serra dos principais caciques do PMDB. E ele é hoje visto como o principal nome de executivo para um eventual governo de coalizão, caso se concretize o impeachment da presidente Dilma.

Nos bastidores do PMDB, dizem que Serra serias uma espécie de primeiro ministro de um governo chefiado por Temer, já como preparatório para a implantação do Parlamentarismo no Brasil.

– Infeliz, desrespeitoso, arrogante e machista. Foi assim que Kátia Abreu definiu Serra após a grosseria de quarta-feira.

E são exatamente estes predicados que o senador do PSDB terá que mudar para consolidar-se como opção de poder.

Mas nada que uma “vinharada” na cara não resolva…

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. Tres desses é o suficiente pra quebrar um País rico como o Brasil, imaginem o resto da tropa!

  2. Essa Senadora Katia Abreu e ignorante não tem posição definida era oposição ferina contra ao governo do PT, agora e Ministra do Governo, ela sabe que o Senador Serra e preparado para qualquer função, porosos não segurou o seu ego, ela e uma representante. Do latifundiário canino tomando as terras do trabalhador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *