2

Maranhão tem três rebaixamentos em 1 ano….

Desclassificação econômica do estado pelas agências de risco é inédita na história, e se dá também pela forte vinculação ideológica do governo estadual ao poder central  no país

 

16/06/2010. Crédito: Carlos Moura/CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Deputado federal Flávio Dino durante Convenção Eleitoral Nacional do Partido Comunista do Brasil - PCdoB no Centro de Eventos e Convenções Brasil 21.

Flávio Dino: Maranhão caindo a cada nota

A agência de risco Fitch Ratings rebaixou esta semana a nota de crédito do Maranhão, que caiu de BB para BB-.

Na prática, significa que o estado oferece altos riscos a quem aceitar emprestar-lhe dinheiro.

A Fitch justifica sua nota sob o argumento de que o Maranhão tem muita dependência dos repasses federais.

É a terceira vez em apenas um ano que o Maranhão – hoje governador por Flávio Dino (PCdoB) – é rebaixado pelas agências econômicas.

Em outubro, a mesma Fitch Ratings já havia rebaixado a nota do estado, pelos mesmos motivos.(Releia aqui)

Antes dela, em agosto, a Moody’s também rebaixou a nota de crédito do Maranhão. (Reveja)

O governo Flávio Dino tem jogado a culpa da entrada do Maranhão na lista de mau pagador à crise do governo Dilma.

Mas outros estados, de oposição a Dilma – como São Paulo e Santa Catarina – também tiveram notas rebaixadas.

O que leva a crer que o problema é de gestão pura e simples…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. SARARÁ, ESTA TAL AGENCIA FOI CRIADA NO ESCRITÓRIO DA MIRANTE?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *