4

Para Ricardo, educação é mais um fracasso do governo Dino…

Ex-secretário exibe em seu perfil no Facebook relatório das eleições para gestores escolares no município que demonstra a falta de cuidado do governador e dos seus auxiliares

Em publicação nas redes sociais, o ex-deputado Ricardo Murad criticou a eleição para gestores escolares e citou o exemplo do pleito em Coroatá.

Ele publicou um relatório das eleições no município que revela um verdadeiro fracasso. Para Ricardo, o processo, que não deve ter sido diferente em outras regiões do estado, não teve o cuidado devido.

muradContra fatos não há argumentos: percebe-se que não houve candidatos em grande número de escolas, nas que tiveram, apenas um candidato concorre, que na maioria os candidatos não obtiveram a nota mínima exigida, que em muitas escolas não houve quorum para a eleição, além da falta de interesse demonstrada pela categoria em participar por falta de estrutura nas escolas, pessoal, condições de trabalho e a impossibilidade de desenvolver um projeto pedagógico que tivesse resultados práticos”, escreveu em sua página.

Abaixo, o quadro com a eleição publicado por Murad:

quadro

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. PERGUNTA O QUE ELE ESTÁ FAZENDO PARA SE DEFENDER NA ACUSAÇÃO CONSTANTE DO RELATÓRIO DO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO – TCU, ONDE SE DESCOBRIU A VERDADEIRA FACE DA ROUBALHEIRA DO MARANHÃO. SE ALGUEM TIVER DÚVIDA BAIXE NO GOOGLE – RELATÓRIO DO TCU SOBRE A SAÚDE DO MARANHÃO – AÍ SIM O POVO VERÁ A VERDADEIRA FACE DO TRATOR QUE VIROU VELOCÍPEDE.

  2. Uma coisa Ricardo acertou. A falta de estrutura pela qual as escolas estaduais passam. Isso não é novidade para minguem, todos sabem que as escolas a décadas não tem tido o tratamento que merece; esqueceu apenas que esse maior período passou nas mãos dos governos que ele foi aliado. Porque não se pronunciou antes? Porque não ajudou antes, já que parece tão preocupado.

  3. AS ESCOLAS ESTADUAIS ESTÃO UM CAOS, SEM SEGURANÇA, POIS TODOS OS PORTEIROS FORAM DEMITIDOS, E SEM OPERACIONAIS QUE FORAM REDUZIDOS EM 70% DO TOTAL .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *