3

O que houve com o Manu?!?

Restaurante que se propõe premium em São Luís mudou de endereço, mas parece ter deixado a cozinha ainda no antigo

 

Manu, agora em novo endereço: ambiente aprazível e falhas de cozinha

Manu, agora em novo endereço: ambiente aprazível e falhas de cozinha

O Manu Restaurante, um dos bons espaços da cozinha contemporânea em São Luís agora funciona no lobby do hotel BrisaMar, em uma das vistas mais espetaculares da orla marítima da capital.

Um bate papo gostoso entre casais amigos, na noite da sexta-feira, 12, tinha todos os ingredientes para uma boa happy hour. A proposta do restaurante, ainda em adaptação no novo endereço, é oferecer exatamente isto – inclusive com a construção de um deck externo, com vista para o mar.

Mas apesar do atendimento atencioso e gentil de garçons e maitre, o serviço de cozinha deixou a desejar.

Poucos pratos estavam disponíveis – faltou, por exemplo, o tradicional camarão Manu, servido com pedaços de abacaxi. “O fornecedor não entregou o camarão”, justificou o gentil garçon.

O prato pedido com arroz de tarioba veio sem tarioba, o que só foi admitido após a cliente perceber textura, aroma, cor e sabor diferentes.

Não havia as sobremesas do cardápio e o sucos disponíveis eram apenas de laranja e, ou com, abacaxi, numa mistura inusitada para qualquer estômago.

Detalhe: a primeira pedida de suco foi simplesmente esquecida pelo garçom, que só lembrou meia hora depois, após advertência da cliente.

Na hora da conta, outro problema: pratos registrados a mais e outros a menos.

Enfim, para um restaurante que se destina a servir em alta classe, ou Class, a mudança de endereço ainda precisa ser absorvida.

E ensinada a fornecedores…

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. Fui última vez há uns 3 meses e não gostei nada do filé de carne ao molho madeira. O molho parecia aginomoto, knorr… Péssimo! Além disso percebo que o proprietário só vai a mesa cumprimentar o pessoal da “alta sociedade”. Os colunáveis. Nós que somos mortais, somos invisíveis pra esse povo.

  2. Qual o secretario de Flavio Dino cagou ralo em meteu atestado que tava com “caganeira” e deveria ficar tres dias em casa, só para não sentar nos bancos dos reus????? Pior… hoje pela manha já estava cheirado o sovaco do Ministro Jacques Wagner…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *