2

Ao lado de Waldir, Flávio Dino ganha fama nacional de pateta…

Não bastasse as idas e vindas do presidente da Câmara Federal – todas sob sua orientação – o comunista começa agora a ser questionado quanto aos gastos públicos  de sua cruzada pró-Dilma

 

A bela capa de  O Estado: Waldir e sua sombra manipuladora...

A bela capa de O Estado: Waldir e sua sombra manipuladora…

O senador Romero Jucá (PMDB-RR) foi devastador em sua análise sobre a ação do presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP), orientada pelo advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, e pelo governador do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB).

– Nada foi feito pelo deputado de forma isolada, mas pelos três patetas: além de Maranhão, o ministro José Eduardo e o governador Flávio Dino – respondia Jucá, na segunda-feira, 9, a quem o perguntava sobre o assunto, segundo a colunista Vera Magalhães, de Veja on-line.

A capa do Correio Braziliense:  Maranhão como boneco de cordas

A capa do Correio Braziliense: Maranhão como boneco de cordas

A ação de Maranhão, claramente orientada por Dino, um ex-juiz federal, expôs uma série de patetices protagonizadas pelos dois maranhenses na tentativa de evitar o afastamento de Dilma.

A capa do jornal O EstadoMaranhão desta terça-feira, 10, é primorosa neste contexto: mostra Waldir com uma sombra ao fundo, na silhueta de Dino, e a a manchete “ele avisou que iria surpreender”, usando expressão do próprio deputado.

Coluna Esplanada calculou os gastos de Dino na defesa de Dilma

Coluna Esplanada calculou os gastos de Dino na defesa de Dilma

Gastos públicos

Mas Flávio Dino começa também a ser questionado quanto aos gastos públicos de sua cruzada em defesa do governo petista.

De acordo com o colunista Leandro Mazzini, da coluna Esplanada, de Brasília, “a campanha escancarada de Dino pró-Dilma envolve os cofres públicos do Maranhão”.

– Contratada pelo governo, a Heringer Taxi Aéreo fez até a última sexta-feira 13 voos de jatinho no trecho São Luís/Brasília/São Luís, desde janeiro. O custo foi pago pelo cidadão maranhense. O Palácio dos Leões desembolsou até agora R$ 1.599.330,56 – diz o colunista.

Como se vê, Flávio Dino está gerando dois altos custos ao Maranhão com sua defesa intransigente de Dilma Rousseff.

Um custo financeiro altíssimo de curto prazo.

E um grave custo político para o Maranhão, a longo prazo…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. FLAVIO DINO JÁ VINHA CAINDO DRASTICAMENTE SUA POPULARIDADE DEVIDO A SUA FALTA DE TRAQUEJO POLÍTICO, PERSEGUIÇÕES E INTIMIDAÇÕES A CLASSE POLÍTICA, ABANDONO DAS ESTRADAS E SEGURANÇA DO ESTADO. APÓS ESSE APOIO A DILMA ROUSSEF ELE DESPENCOU DE VEZ, PERDENDO PRESTÍGIO DUAS VEZES SEGUIDO EM RELAÇÃO AO CENÁRIO IMPEACHMEN, TORNANDO-SE ASSIM VEXAME NACIONAL. CONCLUI-SE QUE AFUNDOU-SE DE VEZ NO MARANHÃO, GOVERNADOR DE UM MANDATO SÓ. EM CONTRA PARTIDA PARA 2018, TEM ROSEANA SARNEY QUE PODE VOLTAR AO CENÁRIO, CREIO QUE PRA SENADO POIS SEU NOME ESTÁ DESGASTADO PARA UM GOVERNO, TEM ROBERTO ROCHA E MAURA JORGE PRA COMPLETAR A LISTA. VAMOS AGUARDAR!

  2. O Ministério Público desse Estado tem duas obrigações: Primeiro, entrar com ação na Justiça para que o filho de Waldir Maranhão devolva todo o dinheiro ganho sem trabalhar, processando que o contratou junto ao TCE. Segundo, acionar Flávio Dino na Justiça para devolver os valores gastos com táxi aéreo. Os gastos não têm nada de proveitoso para o Maranhão e o eleitor maranhense não o elegeu para ficar fazendo gracinhas com dinheiro público. A imprensa tem que cobrar isso!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *