1

“Vá lá sem segurança”, provoca associação, sobre ida de Flávio Dino, escoltado, ao Coroadinho..

Para associação que reúne parentes de PMs, governador tira onda ao ir a bairro violento cercado por uma tropa de choque, enquanto as comunidades ficam a mercê da marginalidade

 

Flávio Dino no Coroadinho, cercado por homens fortemente armados: 90 policiais fazem a escolta do governador

Flávio Dino no Coroadinho, cercado por homens armados: 90 policiais fazem a escolta do governador

A Associação de Esposas de Policiais Militares e Bombeiros Militares do Maranhão (ASSEFAPBM-MA) emitiu dura nota oficial, com críticas à postura do governador Flávio Dino (PCdoB) em relação à Polícia Militar.

A associação viu como um deboche a ida do governador ao Coroadinho, cercado por policiais militares, para tentar mostrar segurança na cidade.

– Agora o senhor faz uma visita ao Coroadinho acompanhado de uma tropa de choque, e ainda diz que a cidade está segura. Então por que o senhor não vai até lá sem segurança??? Por que o senhor não tira a metade dos 90 (noventa) policiais que fazem sua segurança e manda irem pras ruas??? – provocou o documento, assinado pela presidente Josilene Medeiros.

Para a associação, Flávio Dino está mais preocupado com mídia do que com a segurança dos que o elegeram.

Mas a nota alerta:

– Senhor governador, não esqueça que o senhor só foi eleito por que estávamos insatisfeitos com o governo Roseana. Mas agora estamos [insatisfeitos] é com o senhor.

Leia a íntegra da nota da ASSEFAPBM-MA:

NOTA DE REPÚDIO DA ASSOCIAÇÃO DAS ESPOSAS DE MILITARES

Eu, Josilene J. Medeiros gostaria de lhe dizer, senhor Flavio Dino, que o seu governo não é diferente do governo anterior, pois o senhor não cumpriu com sua palavra para valorizar os policiais desse Estado, criticou tanto Roseana Sarney, mas o senhor só valorizou os delegados e professores, descartando os investigadores escrivães e policiais militares.

Cadê a insalubridade, adicional noturno, periculosidade e a carga horária justa para esses Pms, faça um concurso para à área administrativa e tire a maior parte dos oficiais do administrativo e coloque-os nas ruas, pois são mais de setecentos oficiais só no administrativo.

O senhor já provou da comida que esses homens que fazem sua segurança comem diariamente? Todos os policiais que estão neste momento nas ruas nem água têm para beber, pois seu comandante o Coronel Pereira, não está nem um pouco preocupado com isso, só quer saber de fazer operação, esses homens estão em suas folgas arriscando suas vidas, estão trabalhando em péssimas condições de trabalho nas ruas para tentar combater essa criminalidade.

Agora o senhor faz uma visita ao Coroadinho acompanhado de uma tropa de choque, e ainda diz que a cidade está segura, então por que o senhor  não vai até lá sem segurança??? Por que o senhor não tira a metade dos 90 (noventa) policiais que fazem sua segurança e manda irem pras ruas???

Vejo que o senhor está preocupado é com a mídia e não com aqueles que lhe elegeram, procure honrar  com suas palavras,  principalmente com o cumprimento do acordo com os policiais. Saiba que não são apenas os delegados e os professores que trabalham, para terem valorizados seus salários.

SENHOR GOVERNADOR FLÁVIO DINO NÃO ESQUEÇA, QUE O SENHOR SÓ FOI ELEITO PORQUE ESTÁVAMOS INSATISFEITOS COM O GOVERNO ROSEANA, MAS AGORA ESTAMOS COM O SENHOR.

Josilene Medeiros, presidente da Associação das Esposas de Policiais e Bombeiros Militares do Maranhão (ASEFAPBM-MA)

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Cara essa mulher só fala bobagem. Os Oficiais estão nas ruas. Eu tô ê vcs darem ouvidos a essa ignorante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *