3

De como o PMDB boicota, diariamente, a candidatura de Fábio Câmara…

Vereador enfrenta a resistência e o desprezo das principais lideranças do partido, mas consegue, ainda assim, alcançar índices de intenção de votos que poucos dos que o rejeitam já registraram na capital maranhense

 

Fábio Câmara nas ruas de São Luís, onde já amealhou, sozinho, e por baixo, mais de 16 mil votos...

Fábio Câmara nas ruas de São Luís, onde já amealhou, sozinho, e por baixo, mais de 16 mil votos…

Não é segredo para nenhum eleitor do PMDB, que o vereador Fábio Câmara banca, sozinho, sua candidatura a prefeito de São Luís, contra os interesses das próprias lideranças peemedebistas.

Preto, pobre, oriundo das camadas populares, o vereador sofre uma espécie de preconceito interno dos barões peemedebistas, que sempre decidiram a política de forma cartorial.

Enquanto o PMDB dá de ombros para a candidatura do parlamentar – em todas as instâncias do partido, inclusive entre os que fazem caras e bocas ao seu lado – Câmara vai, sozinho, construindo um caminho alternativo na disputa pela prefeitura.

E foi sozinho que ele chegou a registrar mais de 8% nas intenções de votos, patamar nunca alcançado por um candidato do PMDB na capital maranhense.

E tecnicamente, foi isso que os números da Econométrica mostraram.

Basta aplicar a margem de erro – de 3,1 pontos percentuais – que se poderá alcançar um índice de votação de Fábio Câmara no patamar registrado pela Escutec – 5,7% em um dos cenários, para ser mais preciso.

...EW com algumas das lideranças partidárias, que fazem boicote quase diário ao seu nome

…E com algumas das lideranças partidárias, que fazem boicote quase diário ao seu nome

Mas enquanto os demais pré-candidatos têm os líderes de seus partidos já negociando formação de alianças e escolha de vices, o vereador peemedebista ainda sofre com o descaso de suas lideranças.

Até hoje, não se viu nenhuma declaração espontânea de apoio dos líderes do PMDB em favor de Fábio Câmara. Os dirigentes do partido nunca falaram em escolha de um vice entre os partidos aliados – PV, por exemplo.

Pelo contrário, a cada dia surgem comentários desqualificando seu nome, especulações de outros caminhos para o PMDB e até novos candidatos para substituí-lo na disputa.

mesmo que se acate que Fábio Câmara tenha apenas os 2,6% nominais que a Econométrica registrou na pesquisa do fim de semana, tudo bem. Isso representa hoje nada menos que 16 mil eleitores, patamar nunca alcançado por um vereador na capital.

E isso ele alcançou sozinho.

Mesmo com o boicote sistemático de todo o seu PMDB…

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. Marcus
    Muito oportuno sua colocação preto e pobre ninguém.quer nem ser vice isso é a realidade mais o cidadão Fábio.Câmara está de parabéns por sua postura humilde de camadas pobre mais com honra de quem vem de uma luta para conquistar seu espaço entre os barões da política .
    FÁBIO com.certeza a classe preta e pobre está do seu lado abençoando sua trajetória que com.certeza já é vitóriosa
    Um abraço
    Conte com os amigos

  2. BOMBA!!! Caso se comprove a denúncia do blog atual7 sobre chefoes do poder no Maranhao, os Sarneyzistas e ligados a eles, todos estarão perdidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *