2

Servidores do município paralisarão atividades na segunda-feira…

Pela primeira vez na história, sindicato da categoria decide pela mobilização, que será marcada por ato público em frente à Câmara Municipal

 

Líderes sindicais levantam as mãos aprovando protesto, sob aplausos da categoria

Líderes sindicais levantam as mãos aprovando protesto, sob aplausos da categoria

 

O Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos Municipais de São Luís (SINFUSP-SL) decidiu, por unanimidade, deflagrar indicativo de greve, com mobilização já nesta próxima segunda-feira, 20, em frente a Câmara Municipal.

É a primeira vez na história que a categoria decide mobilização deste tipo.

Durante o ato, os servidores revoltaram-se com a proposta de reajuste salarial de apenas 2% oferecido pela Prefeitura de São Luís. Desde o início das negociações, o sindicato apresentou proposta de 15% de aumento para os servidores.

– Somos a categoria de funcionários públicos municipais e merecemos respeito. Queremos o que é justo e o que é nosso por direito. Acredito que no país, nenhum gestor teve a imbecilidade de oferecer um reajuste imoral como esse e a gente não aceita. Quero dizer que os médicos do Socorrão I vão paralisar sim – discursou o médico Allan Garcêz, representando a categoria.

Servidores de todas as categorias lotaram o auditório

Servidores de todas as categorias lotaram o auditório

– Nós não podemos aceitar esses 2% como aumento. O prefeito é desrespeitoso e está querendo nos enrolar. Essa é uma proposta que está é nos empobrecendo, pois só a inflação está muito acima dela. Precisamos mostrar para o prefeito que temos valor e que temos força – revoltou-se outro servidor.

Ao final da Assembleia, os servidores aprovaram o indicativo de greve que vai ser encaminhado à prefeitura. Também foi criada uma Comissão de comando de greve.

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. JOÃO LEITE, SE VC DEFENDE E VOTA NO PREFEITO É QUESTÃO SUA. A DESCULPA DE EDIVALDO AGORA É CRISE, MAIS O PREFEITO SEMPRE CRIOU PROBLEMAS COM O FUNCIONALISMO MUNICIPAL NA HORA DE DAR AUMENTO SALARIAL, EM 2013 A 2015 NÃO HAVIA CRISE.
    SE O PREFEITO FALA TANTO EM CRISE, ELE DEVIA ERA TER VERGONHA NA CARA E DEIXAR DE GASTAR O DINHEIRO DO MUNICÍPIO COM MÍDIA EM TELEVISÃO E RADIO QUERENDO FAZER PROPAGANDA COM AS OBRAS QUE SÃO DE OBRIGAÇÃO DO PREFEITO FAZER.

  2. vao pro rio de janeiro entoa , tem que agradecer por receber um aumento nesse tempo de crise . oportunista em tempo eleitoral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *