5

Econométrica: Rejeição de Edivaldo aumenta e torna-se obstáculo para vitória do prefeito…

Em pouco mais de um mês, a antipatia do eleitor à tentativa de reeleição do pedetista – mesmo com toda máquina da prefeitura atuando em seu favor – aumentou quase dois dígitos, reforçando o muro que ele próprio criou

 

Edivaldo segue com rejeição aumentando entre o eleitorado

Edivaldo segue com rejeição aumentando entre o eleitorado

 

Um dado importante da pesquisa Econométrica divulgada neste sábado, 23, pelo blog de Luís Cardoso é o crescimento da rejeição ao prefeito Edivaldo Júnior (PDT), que já era uma das mais altas da história.

E este índice aumentou ainda mais, na comparação com a pesquisa da mesma Econométrica, divulgada em junho, pelo jornal O EstadoMaranhão. (Leia aqui)

Passou de 35,9% para 37,3%.

E é exatamente a rejeição de Holandinha o seu principal obstáculo para vencer a eleição em São Luís. E é por isso que ele não ganha de nenhum dos adversários em um eventual segundo turno.

Se for para um confronto direto, Edivaldo perde tanto para Eliziane Gama (PPS) quanto para Wellington do Curso (PP).

Rejeição mostrada pela Econométrica dá a chave para entender montagem dos números

Rejeição mostrada pela Econométrica dá a chave para entender montagem dos números

A rejeição altíssima, somada à desaprovação da própria gestão, torna-se um obstáculo significativo contra o prefeito.

Daí a necessidade dos números da Econométrica às vésperas das convenções.

Mas esqueceram de avisar sobre o quesito rejeição.E esta é a pista para se saber como se deu a montagem dos números.

Simples assim…

Marco Aurélio D'Eça

5 Comments

  1. Acredito que o aumento, de dois pontos porcentuais de rejeição ao atual prefeito, deve-se a essa estratégia de passar diploma de idiota ao povo, ou seja, deixar para fazer o que tinha que fazer logo depois do prazo de 180 dias para “ajustar a máquina”, de acordo com os compromissos de campanha.

    Em vez disso, o prefeito ficou num troca-troca constante de secretários, evidenciando claramente sua falta de percepção para “avaliar pretendentes com condições técnicas” de bem gerenciar suas pastas. Durante muitos meses, a administração mais parecia uma guerra de egos para ver quem se sustentava no cargo. E aí, o seu governo já começara a ganhar rejeição…

    E mesmo antes que o país entrasse nessa merreca de recessão, que abalou as finanças públicas nos três níveis de governo, ele não conseguiu fazer sua administração deslanchar na execução de obras de pequeno porte, mas de grande importância para a população, como limpeza da cidade e, pelo menos, operações tapa-buraco de qualidade para assegurar o fluxo de veículos. A periferia da cidade mais parecia um tabuleiro de pirulitos…

    Replicou a mesma estratégia mequetrefe do Castelo: deixar tudo para ser feito um ano e meio antes das eleições, para que o povo “esteja com todas as obras bem fresquinhas na memória” e, assim, dar-lhe o voto. Ledo engano. Esse tipo de tiro ao alvo tem acertado outro lugar: o próprio pé.

    A bem da verdade, a população já está de ovário e saco cheios de ser tratada dessa forma. Os mandatários ainda não perceberam que hoje a população é mais pensante sobre a realidade da política nacional, e já está farta dessas técnicas de enganações constantes em cada eleição.

    Pela leitura que hoje se faz do cenário político de São Luís, a permanecer a rejeição do prefeito e o crescimento do deputado Wellington, que, ao que tudo indica vai continuar crescendo até próximo da eleição, ele irá com Eliziane para o segundo turno; e lá, vencerá Eliziane, que já não mais tem fôlego para crescer. Sua curva, daqui pra frente, tem se demonstrado descendente. E quando isso acontece, não há milagre capaz de reversão. Anotem o que estou dizendo hoje, dia 25 de julho!

    TARIK AFIF AL MOUSSAD

  2. Se o eleitor ler apenas este blog… com certeza terá uma opiniao confusa e velada sobre as eleicoes. Complicado.

  3. Acho que essas pesquisas estão meio contrariadas. haha
    Na prática não se vê isso!!

  4. kkkkkkkkkkkk eita Marco, esse prefeito faria um bem pra ele mesmo saindo fora dessa eleição. Kkkkkkkkkkkk Eliziane é que se cuide por que senão Wellington vai lhe tomar essa bocada. Essa eleição está nas mãos de três pré-candidatos: Eliziane, Wellington e Eduardo Braide. Quem desses será o próximo prefeito ou prefeita de São Luís?? É aguardar e conferir kkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *