7

Edivaldo aposta tudo na vitória em primeiro turno…

Com volume de campanha nos bairros, e imagens de “multidão” produzidas exclusivamente para a TV, candidato do PDT quer criar a ideia de que vence todos os adversários em apenas uma rodada de votação; a ordem na coordenação é sufocar para ampliar a votação; vai conseguir?

 

Com "multidão" em caminhadas, Edivaldo aposta no volume para convencer o eleitor do chamado "voto útil"

Com “multidão” em caminhadas, Edivaldo aposta no volume para convencer o eleitor do “voto útil”

A coordenação de campanha do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) resolveu apostar em uma ação kamikase nestas eleições: criar as condições para vencer o pleito em primeiro turno.

A ordem no comitê pedetista é “vencer agora ou nunca”.

As pesquisas mostram que Edivaldo Júnior lidera a corrida em São Luís por margem apertada; e perde para qualquer adversário no segundo turno.

Por isso a determinação de ampliar seus votos e liquidar a fatura em rodada única.

Para isso, a militância dos partidos que compõem a coligação do prefeito foram convocados a fazer volume em carreatas, passeatas, caminhadas e comícios, criando a ideia de “multidão”  por onde o pedetista passa.

Este blog já tratou do desejo de Edivaldo por turno único, no post “Grupo de Edivaldo já fala até em vitória no primeiro turno…”

Com mais tempo de propaganda que os demais adversários, ele vai usar as imagens de “multidão” na TV para gerar ainda mais volume e forçar o “voto útil” na reta final.

Mas é uma jogada arriscada a de Edivaldo.

Se convencer mesmo o eleitor a dar-lhe a confiança perdida nos três anos de promessas não cumpridas em São Luís – e convencer também que tem a experiência nunca demonstrada na gestão – o prefeito pode mesmo garantir uma vitória, sobretudo se conseguir desidratar eleitoralmente os seus principais adversários, Eliziane Gama (PS) e Wellington do Curso (PP).

Se não conseguir, porém, o jogo muda de figura.

Uma ida para um segundo turno já é um risco para Edivaldo nas atuais circunstâncias; se forçar o primeiro turno e não conseguir vencer, ele entra no páreo seguinte como derrotado, e terá o desânimo como marca num confronto direto, seja com quem for.

Por isso a estratégia de Edivaldo Júnior é kamikase.

Por isso é “vencer agora… ou nunca”.

Marco Aurélio D'Eça

7 Comments

  1. Vários ônibus fretados e funcionários da prefeitura para fazerem volume porque a população mesmo não vai e no dia da eleição vai dar a resposta por esses 4 anos de nada na nossa cidade.

  2. Em todas as fotos Pedro Lucas aparece ao lado de Edivaldo, fica nítido esse favorecimento, nem mesmo Osmar Filho aparece nas fotos, isso não vai prestar …

  3. É maluco, sem noção nenhuma, nem mesmo entre os funcionários é unanimidade

    Resp.: Mas tem o DataM, para botá-lo bem à frente… e forçar o voto útil

  4. Já que querem criticar, mandem ao menos alguns “olheiros” pra ver a massa no dia nas caminhadas. Os moradores fazendo questão de abraçar o prefeito da gente. Aí vão ver que não é “pra inglês ver” ou melhor pra blogueiro oposicionista ver. Não me venham com chorumelas. É 12!

    • Sei. Acredito. Só não podem pedir onibus com militantes pagos de outros bairros, ok? Agora tente a próxima, na verdade.

  5. Só funcionário da prefeitura com medo de perder a mamada, desesperoooooooooo…..somos todos w11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *