13

A “multidão remunerada” de Edivaldo Júnior e o corpo a corpo de Eduardo Braide…

Enquanto o prefeito utiliza candidatos a vereador, auxiliares da gestão, assessores de campanha e carregadores remunerados de bandeiras para se aproximar dos bairros, o deputado vai de porta em porta, conversar pessoalmente com os moradores sobre os problemas de cada bairro

 

Edivaldo e sua "multidão remunerada" em dois momentos: segurança para evitar o contato com o cidadão

Edivaldo e sua “multidão remunerada” em dois momentos: segurança para evitar o contato com o cidadão

Há uma diferença gritante no procedimento dos dois candidatos a prefeito que já saíram às ruas neste início de campanha eleitoral.

Para chegar aos bairros, o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) utiliza-se de uma estrutura financiada, formada por carregadores remunerados de bandeira, candidatos a vereador de sua coligação, auxiliares da prefeitura e assessores de campanha.

Com esse grupo para fazer volume, ele se protege também das críticas dos cidadãos nos bairros, já que passa rápido e sem contato pessoal com os moradores.

Foi assim na Vila Fialho, na Areinha, no Coroadinho e na Vila Riod. (Releia aqui)

Eduiardo Braide também em dois momentos do corpo a corpo: coragem para e confiança para ouvir o eleitor

Eduardo Braide também em dois momentos do corpo a corpo: coragem e confiança para ouvir o eleitor

O candidato do PMN, deputado Eduardo Braide, por sua vez, faz o legítimo corpo a corpo com o eleitor.

Sem aparato algum, sem proteção de seguranças e assessores, o parlamentar vai de casa em casa, nos comércios, e conversa pessoalmente com cada morador, ouvindo os problemas e apresentando as soluções em cada bairro.

Eduardo Braide mostra a coragem que falta a Edivaldo Júnior, e a confiança exigida pelo eleitor.

Protegido pela turba, Edivaldo já foi apenas em bairros onde a prefeitura esteve presente recentemente.  Mesmo assim, ele nem sequer diminui a marcha para ouvir o que o eleitor tem a dizer.

As campanhas nas ruas destes dois candidatos, nestas duas primeiras semanas, são claramente distintas.

Eduardo Braide faz corpo a corpo, com a cara e a coragem que deve ter os políticos.

Edivaldo se esconde atrás de uma “multidão” artificial, criada pela sua estrutura de campanha.

É simples assim…

Marco Aurélio D'Eça

13 Comments

  1. Tolice falar de povo comprado. a questão é que quem está ali, esta apoiando Edivaldo. se ele reune multidões, é pq ele taem competencia pra isso.

  2. É lamentável que o povo de SLZ ainda vote em um candidato como Edivaldo Jr…
    Eu votarei no Wellington ou Braide!

  3. Só quem faz caminhada para Edinada são os funcionários com medo de perder a boquinha, desesperoooooo…….. miltantes não tem acesso mesmo e quem particípa das caminhadas são de outros bairros sim e vão de onibus, não minta, é feio todo mundo sabe e todo mundo v. Tchau prefeito de poucos.

    • vamos um pouquinho mais além, porque mesmo com isso tudo ainda estão usando carros de algumas secretarias para deixar os comissionados no local de concentração. e em umas das caminhadas que resolvi verificar, notei que não é bem assim essa euforia toda dos moradores. Onde eles param já estava colado o adesivo dele. Muito estranho. “Que vença o melhor”

  4. Diariamente entro nesse blog que se atém a publicar invencionices, como se isso fosse dar credibilidade .
    Fato é que a campanha de Edivaldo tem incomodado bastante, vocês não esperavam esse clamor popular.
    Repito: se encaminhe para as caminhadas, meu caro. Se não tem tempo para ver o real, porque está muito ocupado em escrever o próximo texto, contrate alguém para ir.
    Ainda bem que o povo nas ruas vê a verdade.
    Mimimi mesmo!!

    Resp.: E por que continua a entrar, filho? Você não faz falta aqui…

  5. Eduardo Braide só não faz o mesmo porque não tem recurso pra isso, simples!

    Resp.: Então é comprado mesmo? E quem paga?

  6. Questao é que as pessoas mal conhecem Eduardo Braide. Ele na verdade passa desapercebido pelas pessoas com certeza. Ja Edivaldo é conhecido. Tem popularidade. claro que ele tem de ter uma equipe para lhe apoiar. Andar soznho na rua é que ele nao vai.

  7. Todo prefeito que tenta uma reeleição projeta suas caminhadas dessa forma, até porque os militantes são pessoas que abraçaram sua gestão durante esses quatro anos, e isso não é ruim não meu caro. O prefeito está rodeado gente, e não é por dinheiro, como você relata no seu texto. Os bairros lotam as ruas para cumprimentar Edivaldo e falar com ele. Você não tem visto as fotos? Vídeos? Ele escuta, nem que seja por segundos rápidos os seus eleitores.

  8. Quanta hipocrisia, se um de seus candidatos andassem rodeado por sua militância, seria só elógios as passeatas e carreaatas… Lógico que andar acompanhado por toda a militância é algo positivo, pois a militância que impulsiona a campanha. Isso é recalque, pois seu [email protected] não tem público, nem carisma para isso.

  9. Eu ainda fico perplexo com essa suposta liderança nas pesquisas por edvaldo. Incrivel que um prefeito sem nenhuma marca , uma obra sequer de porte , que só conseguiu realizar algumas obras por causa do apoio do governo do estado esteja sendo cogitado a vencer no primeiro turno. Edvaldo tem usado e abusado da midia para desqualificar seus adversários sempre de forma covarde e mentirosa. Como podemos entregar são luis a mais 04 anos de nada , somado com coisa alguma? Enquanto a maioria das capitais brasileiras avançam são luis só retroage. Temos que mudar sempre, Votei em Edvaldo por causa da pessima administração de castelo e votarei em outro pela insalubre administração de edvaldo que vê são luis como cidade pequena que se alegra com a pintura de meio fio. Espero que o povo acorde e não deixe de acreditar no amanhã. Uma hora a gente acerta

  10. MIMIMI ESSE TODO. EDIVALDO ANDA COM MILITANTES QUE SEMPRE MARCAM PRESENÇA EM SUAS CAMINHADAS PARA APOIÁ-LO E COM A POPULAÇÃO MESMO. EU JA FUI UMA VEZ AQUI NO MONTE CASTELO E SEI COMO A POPULAÇÃO ESTÁ JUNTO LHE APOIANDO, NÃO TEM NADA DE COMPRADO. CONVERSA BESTA ESSA.

  11. “DAS CONDUTAS VEDADAS AOS AGENTES PÚBLICOS EM CAMPANHA ELEITORAL

    III – ceder servidor público ou empregado da administração direta ou indireta federal, estadual ou municipal do Poder Executivo, ou usar de seus serviços, para comitês de campanha eleitoral de candidato, de partido político ou de coligação, durante o horário de expediente normal, salvo se o servidor ou o empregado estiver licenciado; …”

    Ai depois fala que é perseguição, meus amigos a lei deve ser cumprida e foi feita para todos !!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *