13

A verdade sub judice…

Por João Castelo*

Em recente entrevista a um jornal local, o candidato sub judice à reeleição para a Prefeitura de São Luís, Edivaldo Holanda Junior, tentou atribuir a mim a responsabilidade pelo estado de abandono absoluto em que se encontra a cidade.

Sem forças nem aptidão para governar a capital maranhense, o atual prefeito, quatro anos depois de assumir o mandato, admite publicamente que nada fez por São Luís porque herdou um município endividado.

O frágil argumento não convenceu a opinião pública. Simplesmente porque não faz sentido.

castelo em uma de suas obras, o recapeamento da avenida Daniel de La Touche

castelo em uma de suas obras, o recapeamento da avenida Daniel de La Touche

O candidato sub judice nada fez por São Luís porque faltou-lhe pulso e competência. Trancafiado em casa, longe das questões administrativas e do cotidiano dos cidadãos, além de alheio aos muitos problemas da comunidade, o prefeito, desde o início do mandato, resolveu culpar terceiros pelo fracasso da sua administração.

Eu também recebi a Prefeitura com dívidas quando assumi o mandato em 2009. Mas não me prendi a lamúrias. Fiz o dever de casa, exigi esforço da minha equipe e partimos desde os primeiros dias para resolver os problemas da população.

No primeiro ano do meu mandato, apesar das grandes dificuldades de caixa, defini prioridades e empreendi a recuperação da avenida Santos Dumont, que estava destruída havia mais de uma década, esquecida pelo poder público. Numa das áreas mais populosas e de intenso tráfego da cidade, a avenida foi restaurada, a circulação de veículos voltou à normalidade e as atividades comerciais da região foram retomadas.

Assim ocorreu com tantas outras obras – avenidas Mário Andreazza, Carlos Vasconcelos, Mauro Bezerra, Parque Vitória e Santo Antônio (Barramar), além do prolongamento da Litorânea, só pra citar algumas – e projetos importantes que ousamos entregar ao povo apenas com recursos próprios do município. E tudo isso sem qualquer apoio do Governo do Estado.

E que atitude tomou o candidato sub judice desde que assumiu o mandato em janeiro de 2013 na Prefeitura de São Luís, embalado por um rosário de promessas de mudança? Cuidou de trocar as lâmpadas de postes de avenidas e fazer uma limpeza nos bairros da área nobre da cidade. E só!

No mais, encarregou-se o prefeito de desfazer aquilo que deixei pronto e em pleno funcionamento.

O ex-prefeito na Avenida Litorânea, marca registrada de sua gestão

O ex-prefeito na Avenida Litorânea, marca registrada de sua gestão

O primeiro ato do prefeito foi acabar com a Domingueira, o benefício da meia passagem que concedi para todos nos dias de domingo. Em seguida, de maneira inexplicável acabou com o Programa do Leite, um alento que serviu de alimentação para muitas famílias com filhos em idade escolar. Acabou também com o fardamento escolar gratuito e o Programa Bom Peixe (venda de pescado de qualidade por menos da metade do preço de mercado), extinguiu a Secretaria Municipal de Segurança e abandonou o prédio do antigo BEM, que deixei reformado e pronto para abrigar boa parte da estrutura administrativa da Prefeitura.

*Deputado federal e ex-prefeito de São Luís, com ilustração do blog

Marco Aurélio D'Eça

13 Comments

  1. Castelo quando assumiu reclamou dos 60 milhões que tinha a pagar … Quando passou a chave, Edivaldo encontrou a folha de dezembro de 53 milhões em aberto, 04 anos de contas da Cemar, 200 milhões de previdência em rombo e , por aí vai …

  2. Castelo, obras que não duraram na primeira chuva, leite para as crianças embolorado, UMA GESTÃO MEIA BOCA, ISSO SIM! E muito me admira um jornalista sério, dá credibilidade a esse senhor.

    Resp.: Eu conheço várias obras dele que estão aí há cinco anos Holandinha não precisou mover uma palha por elas. E estão intactas. Exemplo: avenida Santo Antonio do Calhau, Santos Dumont, Prolongamento da Litorânea, Canal do caratatiua, Avenida Mário Andreazsa…Só obra de peso em São Luís. Qual a obra de peso de Edivaldo?

  3. Edivaldo se elegeu dizendo ser amigo de Dilma e contar com auxílio da mesma. E qual o resultado? Nenhum. Flávio Dino foi eleito e vem tentando ajudar o Prefeito, mas não tem jeito. O Edivaldo e sua equipe são fracos e incompetentes.

  4. Rapaz eu vou fingir que nao acredito no que acabei de ler. Castelo um corrupto e um dos piores, senao o pior prefeito que sao luis ja viu, ainda querendo ter razao em alguma coisa. só pode ser piada isso.

  5. Castelo é muito cara de pau, só o rombo na previdência foi maior q 200 milhões, só pra lembrar ele saiu pelas portas do fundo e não pagou o salário de dezembro ok.oleo de peroba nele e nessa Eliziane que votou contra redução da maioridade penal.

  6. João Castelo é tosco, vou te contar. Como manter programas que ele mesmo intitulou como seus com uma vácuos no orçamento que ele deixou?! Pq ele não citou o VLT que ele gastou milhões e hoje quem está a frente da gestão tem que se virar pra não perder um produto tão caro. Francamente Castelo…

  7. Não deixa de ser verdade, Edvagar hije tem apoio total do governo federal e estadual e pouco fez, pouco não anda fazendo muito pra Osmar Filho, uma estrutura gigantesca pro vereador, gostaria de saber se essa estrutura esta sendo bancada pelo município?!

  8. ¨No mais, encarregou-se o prefeito de desfazer aquilo que deixei pronto e em pleno funcionamento.¨ Um exemplo disso é o caos no trânsito, passava mais de 2h para chegar na UFMA, hoje não gasto nem 60m direito. Esse cara é muito cara de pau, ele pode não gostar de Edivaldo, mas dizer que ele fez uma gestão melhor que a de Edivaldo já é querer zombar da cara dos Ludovicenses.

  9. João Castelo merece tanta credibilidade quanto uma nota de R$ 3,00 reais.
    Ora, me compre um bode, Seu Marco!!!

  10. A cara de pau de Edivaldo Holanda Jr em ainda culpar Castelo e a crise pela sua incompetência em São Luís …

  11. Edivaldo falou certindo!! Castelo so fez merda na prefeitura de São Luis. Ele que ta arrumando tudo. quem anda com Caostelo é so Eliziane que quer repetir a péssima gestão dele.

  12. fazendo uma comparação entre os dois prefeitos, e levando em consideração que o Castelo não teve o apoio do governador em sua gestão, fica claro e evidente que este fez muito mais por São Luís, o que seria de Edivaldo sem o apoio financeiro de Flávio Dino, incompetência pura … profissionais da saúde jogados a própria sorte e correndo o risco de contaminação por falta de material básico de segurança do trabalho… professores com plano de salários atrasado e sem perspetivava … crianças na escola sem o leite da merenda … e por aí vai !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *