1

No governo Flávio Dino, nem os corpos podem ser retirados dignamente do IML…

Famílias que estão sofrendo pela perda de entes queridos ainda são obrigadas à humilhação de dar plantão no instituto, que não consegue liberar os corpos por uma simples questão  de falta d’água

 

Famílias são obirgadas a passar até 24 horas à espera dos corpos de entes queridos; falta d'água é o motivo

Famílias são obirgadas a passar até 24 horas à espera dos corpos de entes queridos; falta d’água é o motivo

Em 2014m para se eleger governador, o comunista Flávio Dino prometeu o céu por herança aos maranhenses.

Hoje, sob o comando do ex-juiz federal, nem a hora d amorte as pessoas podem descansar em paz.

Famílias que estão sofrendo pela perda de entes queridos são obrigadas, desde o finald e semana pasado, a aguardar indefinidamente por que o Instituto Médico Legal não consegue liberar os corpos.

Motivo: uma simples falta d’água no IML.

Há pessoas que foram para a se de do instituto na terça-feira, 23, pela manhã e, ainda hoje, mais de 24 horas depois, esperava a liberação do corpo do parente.

A Secretaria de Segurança diz apenas que houve um problema de falta d’água que, segundo a pasta já foi resolvido.

E a agonia das famílias se arrasta..

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Isso é uma falta de respeito. É preciso que algo seja feito para mudar essa situação que não é de hoje e muito menos dessa semana. A uns quinze dias a trás estive nesse local fétido e sem a menor estrutura para que se possa sentar. Mais triste é a forma grossa e desumana que somos atendidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *