0

Madeira alerta Flávio Dino e diz que o “povo de Imperatriz é livre para votar sem cabresto”…

Em sua participação diária na campanha, por meio de áudios distribuídos em redes sociais e grupos de troca de mensagens, prefeito afirma que governador estaria traindo sua história se discriminar o município, caso sua candidata perca a eleição

 

Flávio Dino e Madeira: aliança sem cabresto

Flávio Dino e Madeira: aliança sem cabresto

O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB), jogou duro com o governador Flávio Dino (PCdoB0, em mas um dos comentários de áudio que ele tem feito durante esta campanha eleitoral no município.

Ao apoiar programa do candidato Ribinha Cunha (PSC) – que criticou as ameaças de represálias do governo comunista a Imperatriz, caso a candidata do Palácio, Rosângela Curado (PDT), não vença a eleição – Madeira exortou Flávio Dino.

– Eu tenho certeza que o governador Flávio Dino que eu conheço não vai discriminar Imperatriz, caso a sua candidata perca a eleição. Por que não seria justo  ele estaria traindo a sua história e a sua condição de magistrado – disse Madeira, exaltando a coragem de Cunha.

Os áudios que madeira tem distribuído durante a campanha viraram febre em Imperatriz.

Eles são distribuídos sempre após os programas eleitorais na televisão; e são espécies de comentários do que foi dito pelos candidatos.

Madeira já ridicularizou propostas de Ildon Marques (PSB), desqualificou Rosângela Curado e apontou equívocos de Assis Ramos (PMDB). E sempre faz ponderações em relação à postura de Flávio Dino no município.

Neste áudio específico (ouça acima), ele reforça a coragem do povo de Imperatriz.

– Quero parabenizar o candidato Ribinha Cunha pela coragem, de alertar o governador Flávio Dino sobre a sua participação na campanha de Imperatriz. Nós votamos em amssa no governador Flávio Dino, com toda liberdade. Imperatriz se orgulha desta autonomia, desta coragem. Não fosse essa coragem, não teríamos votado em Flávio Dino. O povo de Imperatriz é livre; vota sem cabresto – Disse Madeira, para concluir:

– Parabéns, Ribinha, pela coragem. Você botou o dedo na ferida.

Os áudios de Sebastião Madeira têm circulado em todo o Maranhão…

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *