2

“Para cada mentira, uma proposta”, anuncia manifesto de Eliziane…

Programa da candidata após ataques violentos sofridos semana passada prega a mudança de verdade, com planejamento e experiência política

 

O primeiro programa da candidata do PPS, Eliziane Gama, após os violentos ataques sofridos por ela na semana passada – inclusive com clonagem de blogs já denunciadas à Polícia Federal – foi uma espécie de manifesto político.

O programa lamentou que a candidata tenha sido alvo de tantos golpes durante a campanha, mas reafirmou o compromisso de Eliziane de fazer uma campanha lima, com propostas concretas para São Luís.

– Não vamos revidar, muito menos entrar nesse mar de lama. Para cada mentira, Elziane apresentará uma nova proposta; para cada ataque, uma nova ideia; para cada ofensa, um novo sorriso – diz o apresentador, logo no início do programa.

A própria Eliziane aparece mais jovial no programa, falando da reta final da campanha.

– Está chegando o dia em que vamos decidir o que queremos para nossa cidade: se continua tudo como está ou se queremos mudança. Eu acredito nas mudanças. Eu também acredito que o atual gestor poderia ter feito mais, com melhores resultados. Mas não acredito em mudanças sem planejamento, sem experiência política, sem propostas concretas – afirmou a candidata do PPS.

Eliziane conclamou o eleitor a observar nos próximos programas, nos debates, nas ruas, que ela tem os melhores projetos para São Luís.

O programa tem repercutido fortemente nas redes sociais.

Veja o vídeo acima…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Marco, Eliziane cavou sua própria cova pela absoluta incompetência política.
    Grande parte do eleitorado de Eliziane era formado por grupos de movimentos sociais populares, e Eliziane ao “aceitar” a tutela de néscios tipo Freire, Cristovam Buarque, Marina Silva, e outros beócios posicionando-se favorável a destituição de Dilma, deu um tiro no pé (nos dois e nas mãos também).
    É a cobrança meu irmão, enquanto a ““ irmã” aderia à quadrilha de Temer, Aécio, Serra e Cunha, Edvaldo, sem alardes, ocupavam esse espaço na esteira do posicionamento do mentor político e espiritual dele o também Incompetente Flávio Dino.
    Dino é profundamente mal avaliado em São Luís, mas Edvaldo juntou os pontos positivos do governo de Dino ( poucos é verdade, mas marcantes nos movimentos sociais populares) aos dele próprio ( também poucos, mas significativos na classe média) e, aliado ao desgaste de Eliziane, polarizou a disputa entre ele Edvaldo e Wellington.
    Talvez nas próximas eleições Eliziane opte por candidatar-se a Deputada Estadual , com poucas chances de vencer é verdade, já que podemos afirmar que a carreira dela na câmara alta acabou-se.

  2. Quero deixar a minha opinião sobre o assunto.

    Olhando com um olhar analítico, vamos concluir que o erro foi da própria candidata Eliziane que, muito afoita, pôs-se a “bater” no prefeito sem mostrar suas propostas.

    O prefeito Edivaldo Holanda Jr, por sua vez, indiferente às pancadas da candidata, focou seu programa na apresentação de suas ações do atual governo e apresentando as propostas do novo governo.

    Enquanto isso o Welington, utilizou uma arma muito usada pela candidata Eliziane em outras campanhas, a de se mostrar aquele jovem que veio de uma família humilde, estudou em colégio público e venceu. Apesar de quase não apresentar propostas, essa linha de programa dá muito certo.

    Assim, podemos concluir que o desempenho nas atuais pesquisas se dá em função das estratégias usadas pelos candidatos.

    E o resultado é o crescimento do prefeito Edvaldo Jr e do Welington, enquanto a Eliziane caiu vertiginosamente.

    O que mostra que o povo quer ver as propostas dos candidatos, que também se sensibiliza com a trajetória de vida e que rejeita a política do “vamos bater no prefeito”.

    Agora, a Eliziane dizer que não vai revidar, que não vai entrar nesse mar de lama? Não dá né? Quem começou errado foi ela, por isso está murchando.

    Além do mais, ela não pode esquecer que as alianças que fez também foram cruciais para a sua derrocada: Castelo, Waldir Maranhão, PV (do Zequinha Sarney)… é negar radicalmente o seu discurso de tempos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *