0

Flávio Dino usa polícia contra adversários e deixa Pedrinhas a mercê de bandidos…

Governador tem sitiado o interior com uma “penca” de delegados e oficiais da PM para intimidar oposicionistas, enquanto a bandidagem transforma o complexo penitenciário em inferno e já ameaça voltar às ruas em São Luís

 

Homens armados até os dentes invadiram Coroatá a serviço do candidato do governo

Homens armados até os dentes invadiram Coroatá a serviço do candidato do governo

 

A cúpula da Segurança Pública do Maranhão invadiu sexta-feira, 23, o município de Coroatá para ajudar o candidato do governo Flávio Dino, Luiz da Amovelar Filho (ambos do PCdoB) na disputa contra a peemedebista Teresa Murad.

Com o município sitiado, delegados escoltam o aliados do governador, oficiais da PM impedem a movimentação da adversária e máquinas tentam comprar votos com obras de última hora. (Releia aqui)

E o uso das forças de segurança na campanha eleitoral tende a se repetir em Pinheiro, Caxias, Balsas e outros municípios.

Sem ameaça policial, bandidos tocaram o terror em Pedrinhas

Sem ameaça policial, bandidos tocaram o terror em Pedrinhas

Enquanto a cúpula da Segurança fazia política a mando de Flávio Dino, o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, largado à própria sorte, virou novamente praça de guerra na tarde de sábado, 24.

Sem segurança adequada no presídio, bandidos fizeram motim, atearam fogo em colchões e ameaçaram, inclusive, tocar o terror nas ruas de São Luís.

E assim segue o governo da mudança de Flávio Dino e seus aliados – em São Luís e no interior…

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *