2

Flávio Dino tenta politizar ataques a ônibus….

Mais preocupado com o desempenho eleitoral do seu partido do que com o bem-estar da população, governador afirma que a barbárie em São Luís aumentou por causa das eleições

 

A fala de Flávio Dino nas redes sociais: só pensa naquilo

A fala de Flávio Dino nas redes sociais: só pensa naquilo

Já se sabe que o governador Flávio Dino (PCdoB) mostra-se capaz de tudo pelo poder.

Mas ele extrapolou todos os limites da coerência em sua nota sobre os ataques a ônibus, escolas e postos de saúde que voltaram com força desde a noite da última quinta-feira, 29.

Veja o que diz o comunista:

– O processo de reorganização de Pedrinhas estava ocorrendo com pequenas reações. Até que a proximidade das eleições subitamente mudou isso – afirmou Dino, no twitter. (Veja print acima)

Mas não é verdade.

De quinta-feira para cá, foram 17 ataques a veículos. Em maio, quando ainda nem se discutia eleições – e o prefeito Edivaldo Júnuior (PDT), candidato de Flávio,  vinha em baixa popularidade – foram 12 ataques a ônibus.

O único agente político a politizar a criminalidade em São Luís foi o ´próprio Flávio Dino.

Em 2014, em plena campanha eleitoral, ele cruzou fronteiras do Maranhão para divulgar em rede nacional as mesmas ações coordenadas de dentro de Pedrinhas. E se vendeu como salvador da pátria, dizendo, como candidato, que tinha a solução para o problema.

Não teve.

E o resultado, dois anos depois, é o que se tem visto  nas ruas da capital.

Goste ou não o governador comunista…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Março Flávio Dino ressuscitou Roseana Sarney o problema de incêndio de ônibus está muito pior que no Governo Roseana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *