2

Flávio Dino expõe à humilhação major que se recusou a fazer campanha para sua candidata em ITZ…

Oficial da PM Janilson Lindoso foi preso no início da semana – mesmo estando de licença-prêmio – e posto em uma cela comum –  sendo humilhado pelo governo a que serve – apenas por questões políticas do governador comunista

 

É degradante a situação em que está submetido o major PM Janilson Lindoso, em Imperatriz, desde que foi preso sob a acusação de insubordinação.

O oficial PM recusou-se a fazer campanha para a candidata do governador Flávio Dino (PCdoB), Rosângela Curado (PDT), e foi humilhado em sua condição de representante da lei no município.

Desde então, está preso em uma cela comum, com comida indigna e passando privações ainda piores que as de um bandido comum.

O mais grave é que o major Janilson Lindoso estava de licença prêmio, portanto livre para ir e vir e se manifestar politicamente em qualquer circunstância.

Mesmo assim foi recolhido a mando de Flávio Dino.

Pura perseguição política do governador comunista.

A prisão major provocou revolta em Imperatriz.

E pode ter sido um tiro no pé dos interesses políticos do próprio chefe comunista…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *