5

“O sentimento é de vitória”, afirma Eduardo Braide, apostando no segundo turno…

Candidato do PMN sente a sensação de crescimento nas ruas e ao votar, acompanhado da família, recebe o carinho e o incentivo de eleitores

 

Braide, esposa e filhos na votação: esperança de 2º Turno

Braide, esposa e filhos na votação: esperança de 2º Turno

Sensação da reta final das eleições, o deputado Eduardo Braide votou na manhã deste domingo, acompanhado da esposa e dos filhos, todos pequenos.

– O sentimento já é de vitória. estaremos no segundo turno – acredita o parlamentar, candidato que mais cresce na última semana de campanha.

Vencedor do debate da TV Mirante, segundo opinião de 65% dos eleitores, conforme revelado na pesquisa Escutec, Eduardo Braide tem sentido na ruas a sensação de virada, e diz acreditar que pode mesmo ir para um confronto direto com o prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Após a votação, Eduardo Braide seguiu para casa de familiares e deve acompanhar de casa a apuração dos votos…

Marco Aurélio D'Eça

5 Comments

  1. Acho uma tremenda sacanagem essa reforma da propaganda eleitoral, onde o tempo de campanha na tv é desigual. O prefeito tinha uns 5 minutos e os demais 10 segundos. Para completar a difusora não convida todos os candidatos para o debate, porque segundo eles, os não convidados não tinham votos, com esse resultado o apresentador do programa “A hora D” não se quer tocou no assunto da virada, mas tenho certeza que eles ficaram com muita vergonha do que tinha feito. Na minha opinião todos devem ter o mesmo tempo de tv e devem participar de todos os debates, pois isso faz parte da campanha. Agora amigo dê de pau nesse play boy de merda.

  2. Temos esperança D’EÇA, nossa cidade merece um prefeito preparado e que nos dê segurança. Muito triste que essa campanha na televisão tenha sido tão injusta. Espero que os debates ajudem Eduardo a chegar no segundo turno.

  3. Realmente foi o mais equilibrado e com posições bem definidas. Tirou muitos votos do Edmorto. O Edmirto no debate Tava pálido e impávido. Sem palavras pra justificar os 3 anos de poliomielite e de repente com um Zas começa a trabalhar faltando pouco tempo pra eleição. E olha que o pai FD não queria quem trabalhasse só 6 meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *