5

TV Guará inaugura etapa dos debates na quinta-feira, 20…

Eduardo Braide e Edivaldo Júnior vão se enfrentar em três encontros televisivos. Também estão confirmados o debates da TV Difusora e da TV Mirante

 

debateOs dois candidatos que disputam o segundo turno das eleições em São Luís – Eduardo Braide (PMN) e Edivaldo Júnior (PDT) – já têm data marcada para os debates na TV.

O primeiro acontecerá na próxima quinta-feira, 20, na TV Guará.

O debate da Guará está confirmado para as 22 horas, no canal 23.

Além da Guará, Eduardo e Edivaldo se enfrentam em encontros na TV Difusora, cuja data ainda não foi definida, e na TV Mirante, no último dia de campanha eleitoral, em 28 de outubro.

Além dos encontros na TV, os dois candidatos  foram convidados para encontros em várias associações dos segmentos sociais.

Esses encontros tendem a influenciar o eleitor na decisão de votos…

Marco Aurélio D'Eça

5 Comments

  1. vir em uma vasta pesquisa a denuncia e a compravacao de funsionarios fantamas contratados na assembleia lesgilativa e que os mesmos embosao dos cofres publicos uns 6mil por mes e uns 200 mil por ano sem comparecer no trabalho uns dos finaciados falado na denuncia e o apresentado jeisael max agora da para entender porque ele tenta denegrir a imagem de todos que sao contra o seu patrao o edivaldo ficou com duvida vai na internet e pesquise e vai deacobrir todo o cinco formado.

  2. se nao for pior para ele brade apesa de todos o ataques manipulados por aliados da base politica do edivaldo que falar que o brade e do grupo saney mais quem entra e contadotorio e o proprio edivaldo aliado na sua legenda por varios patidoa da culpula dos saney agora o que vale e a palavra ou a alianca ja decretada na sua legenda

  3. Duvido que Edivaldo irá, a assessoria dele deve desaconselhá-lo não foi no primeiro, não foi na sabatina de lá também sabe por quê? porque sabe que sua administração é construída num castelo de areia e um sofro põe tudo a perder, quer um exemplo, ele contratou segurança diurna pra escolas a JM serviços, o contrato de acordo com o D.O.M foi assinado dia 3 de junho de 2016, só por 6 meses e não tem aditivo, ou seja sem prorrogação, foi uma artimanha pra passar o período eleitora e os pais pensarem que está tudo bem, mas não está.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *