3

Em sabatina na Difusora, Edivaldo fala de “avanços na Cultura”…

Candidato do PDT foi entrevistado hoje pela manhã na emissora de rádio e garantiu que sua gestão reajustou patrocínio das escolas de samba de R$ 5 mil para R$ 60 mil

 

Edivaldo conversa com os jornalistas da rádio Difusora

Edivaldo conversa com os jornalistas da rádio Difusora

O prefeito Edivaldo Júnior, candidato à reeleição pelo PDT, afirmou nesta terça-feira, 18, em sabatina na rádio Difusora AM, que houve avanços históricos no setor da Cultura durante sua gestão.

Ele lembrou da criação do Sistema de Cultura, do Plano Municipal de Cultura e, principalmente, da efetivação da Secretaria Municipal de Cultura. 

E fez uma revelação, garantindo que multiplicou por 12 o valor do patrocínio ás escolas de samba durante o Carnaval.

– Regulamentaremos o Fundo Municipal de Cultura e atendemos a antigas reivindicações. Quando chegamos na Prefeitura as escolas de samba recebiam de patrocínio R$ 5 mil. Reajustamos para R$ 60 mil – exemplificou.

Durante cerca de 20 minutos, Edivaldo respondeu questionamentos dos jornalistas sobre saúde, educação, transporte, meio ambiente, infraestrutura.

Ao final da entrevista pediu mais um voto de confiança aos eleitores, a fim de promover mais políticas públicas em toda a cidade.

– Fizemos muito, mas queremos fazer muito mais. Me dê uma nova oportunidade para levar mais benefícios a outros bairros. No dia 30 de outubro, vote 12, meu nome é Edivaldo – concluiu o candidato.

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. Que avanços? acho que preciso de óculos porque não vejo nenhum, o que vemos é as manifestações culturais após cada carnaval e São João cobrarem seus cachês de apresentações não paga pela administração dele e olha que eu não adepta dessas manifestações, mas entendo que quem tem seu trabalho merece e precisa de seu pagamento.

  2. Marco, não costumo ouvir a difusora fm, mas hoje por volta das 18:30 sintonizei na emissora e fiquei enojado de ouvir aqueles abutres tentando de qualquer maneira desconstruir a imagem de Eduardo Braide, a justiça não pode permitir que uma emissora seja usado como instrumento politico partidário, é uma verdadeira covardia.

    Resp.; A Justiça permite tudo a favor deste governo, meu caro.

  3. Esse rapaz e uma comedia mesmo!
    Depois de ver o que Braide faz pela cultura, ele quer ”lembrar” de uma coisa que nunca existiu! Não existe mais besta em são luis que nao veja a realidade da cultura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *