6

Weverton enfrenta artilharia e defende rigor na punição a crimes de juízes e procuradores…

Ao participar do programa Roda Viva, da TV Cultura, deputado federal foi pressionado por membros do Judiciário e do Ministério Público, mas manteve a convicção de que a lei deve alcançar a todos, sem distinção de classe ou categoria

 

Wevrton Rocha no programa Roda Vida: parlamentar manteve posições

Wevrton Rocha no programa Roda Vida: parlamentar manteve posições, mesmo pressionado

Apesar de não militar no meio jurídico, e em uma arena em que praticamente todos estavam contra ele – inclusive os jornalistas – o deputado federal Weverton Rocha (PDT) manteve ontem, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura (SP), seu posicionamento em favor da punição rigorosa a juízes e membros do Ministério Público que cometam crimes.

Rocha foi autor da emenda às 10 Medidas contra a Corrupção, que impôs mais rigor às punições contra esta classe de cidadãos.

Aprovada na Câmara Federal, semana passada, a emenda gerou forte reação de associações de juízes, procuradores e promotores, que passaram a usar parte da imprensa para atacar o parlamentar.

Além de Weverton Rocha, a mesa redonda foi formada por Modesto Carvalhosa (advogado e professor de direito da USP), Thaméa Danelon Valiengo (procuradora da República e coordenadora do Núcleo de Combate à Corrupção do Ministério Público Federal em São Paulo), Nelson Gustavo Mesquita Ribeiro Alves (vice-presidente da quarta região da Associação dos Juízes Federais do Brasil – AJUFE) e Cristiano Avila Maronna (advogado e vice-presidente do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais).

Em defesa da autonomia dos membros o Ministérios Público, a procuradora Thaméa chegou a afirmar que “quem investiga não pode ser investigado”.

Em defesa da emenda, Rocha citou o caso do ex-senador Demóstenes Torres (DEM-GO), que, pego em corrupção, foi cassado pelo Senado, mas, por ser procurador em Goiás, continua recebendo integralmente o seu salário.

O Roda Viva de ontem foi um dos mais assistidos dos últimos tempos no Maranhão…

Marco Aurélio D'Eça

6 Comments

  1. Weverton Rocha no Roda Viva! Assisti ao embate. Da parte do deputado, a gramática da língua portuguesa apanhou muito.

  2. Ainda bem que ele pensa assim e espero que o STF não demore muito a julgar os processos que diz a imprensa ele tem por lá por improbidade, e talvez lá esteja o nosso maior problema a morosidade da justiça. Quanto a nós população só nos resta aguardar mais dois anos e mandar ele e os seus pares pra “descansar” não os reelegendo.

  3. Tu tá é ganhando um boquinha…metia o pau nesse dep. fundo de quintal, e agora, o defende..eu tô sabendo que vc tem boquinha…vc e seus bandecos….kkkkk eu me lavo de ri de vcs….blogueiros bando de hipocritas

  4. Digna de respeito a atitude corajosa do deputado, Weverton Rocha.
    Parabéns!

  5. Rapaz, esse teu cinismo é cruel. Acusador mor de Weverton Rocha na época de Jackson Lago, de repente, não mais que um jabá, e aí o ¨jornalista¨, sem nenhuma razão ética, torna-se defensor do Engenheiro do Ginásio Costa Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *