8

Inutilidades inexplicáveis…

A enorme máquina precisa ser reduzida por Edivaldo

Por Ribamar Correa

A Prefeitura de São Luís é uma das maiores máquinas administrativas entre as do seu porte em todo o País.

São 24 secretarias, algumas delas essenciais, outras importantes, algumas aceitáveis e várias desnecessárias.

Educação, Saúde, Planejamento, Fazenda, Desportos e Lazer, Cultura, Turismo, Administração, Trânsito e Transportes, Obras, Meio Ambiente são pastas essenciais em qualquer estrutura administrativa pública.

Mas há, por outro lado, pastas cuja existência parece não fazer muito sentido.

O que vem a ser a área de “Informação e Tecnologia”?

“Planejamento e Desenvolvimento” não tromba com “Projetos Especiais”?

Será que a Prefeitura precisa mesmo de uma pasta chamada “Governança Solidária e Orçamento Participativo”?

O que vem a ser mesmo “Segurança com Cidadania”?

Mais ainda: como explicar o gigantismo da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, que cuida desde a construção de grandes, médias e pequenas obras até iluminação e limpeza urbana?

Não faz o menor sentido. Continue lendo aqui…

Marco Aurélio D'Eça

8 Comments

  1. Se nem as secretarias essenciais funcionam da melhor forma imagina as não essenciais.

  2. Essas secretarias inúteis subsistem só pra acomodar aliados políticos e seus afilhados, quero saber do prefeito qd este dará uma definição para o pessoal da JM serviços que estão na portaria das escolas, pois não receberam salário de novembro nem o décimo terceiro e o contrato com a SEMED já expirou e a empresa não os demite nem dá informação alguma pra eles, a licitação que seria realizada dia 4 de janeiro foi adiada, tudo nessa administração é improvisado qd diz respeito a contratar mão de obra terceirizada. Que o professor Moacir Feitosa se manifeste esta semana, pois sem repasse a empresa não pode pagar os funcionários, sem falar na vigilância armada da PAS Segurança que também estão com salários atrasados, falta de respeito tem limites. Outra coisa e as diretoras 2017 se aproxima vão deixar as mesmas, sendo que muitas já estão há décadas nas direções da escola se tivesse eleições direta pra diretores de escola isso não aconteceria, mas como são indicadas por aliados políticos há, eu até poderia citar escolas que há diretoras que já passaram do tempo, sem falar que algumas nem aparecem nas escolas em que trabalham.

  3. Vejo muitas melhoras na cidade e provavelmente por conta dessa divisão de trabalho na prefeitura e com essas diversas pastas.

  4. Pior que esse esse número excessivo de secretaria são as intervenções feitas para complicar a vida da população.
    Que o diga os que circulam no horário de pico na Avenida dos Franceses , na altura do Elevado do Café.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *