1

Prefeitura deixa de pagar galpão e VLT apodrece ainda mais rápido…

Após decisão judicial que obrigou a fabricante a arcar com os custos de guarda, a gestão de Edivaldo Júnior simplesmente entregou o veículo à própria sorte, largando-o ao relento em uma área do São Cristovão

 

VLT foi tirado do galpão e agora pega chuva e sol em um trilho qualquer

Um patrimônio público de R$ 7 milhões abandonado ao sol e à chuva sem qualquer utilidade prática.

É este o destino do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), comprado em 2012 na gestão do ex-prefeito João Castelo (PSDB) e guardado desde o início da gestão de Edivaldo Júnior (PDT) em um galpão no São Cristovão.

O equipamento está largado ao relento desde agosto deste ano.

Até então, Edivaldo – que nunca apresentou qualquer projeto para o VLT – mantinha-o simplesmente guardado em um galpão no São Cristovão. Foi então que veio uma esdrúxula decisão judicial, determinando que a fabricante do veículo – a fábrica Bom Sinal, do Ceará – se responsabilizasse pela guarda e manutenção.

Foi assim que a gestão Hiolandinha se viu desobrigada a cuidar do patrimônio, levando a empresa que cedia o galpão a larga-lo no tempo, sem qualquer cuidado.

É como se um juiz obrigasse, por exemplo, a fabricante de uma geladeira a guardar e cuidar do eletrodoméstico por que o comprador se lembrou, depois da compra, que não tinha casa para botá-la.

Se o VLT foi fabricado para a Prefeitura de São Luís, pago pela Prefeitura de São Luís e entregue à Prefeitura de São Luís, cabe apenas à Prefeitura de São Luís cuidar e dar destinação a ele.

Qualquer outro entendimento neste sentido alcança a teratologia.

Simples assim…

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Vejam trata-se de um ex conselheiro da Dilma (sabe lá que conselhos ele deu a ela) e um parceiro ex presidente da Embratur, que ignoram a lei 12587/2012, Programa de mobilidade urbana, vencida em 2015, prorrogada p 2018 indevidamente, iludindo a população com o necessário e importante mais buracos, ou melhor, mais asfalto e o poluente mais ônibus. Enquanto isso, nossa coirmã Teresina, vai investir hum bilhão na expansão da metroferrovia, cujo Governador Petista, é arquinimigo do
    Planalto central.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *