1

Acordo encerra greve da PM no Espírito Santo…

Associações de policiais e governo acertaram os ponteiros e garantiram a volta do policiamento às ruas, após sete dias de uma paralisação que chegou a influenciar o restante do país

 

Familiares de policiais militares fecharam a saída do quartel general da PM-ES por sete dias

Acabou na noite desta sexta-feira, 10, a greve da Polícia Militar do Espírito Santo.

O movimento, que durou sete dias – e chegou a influenciar polícias de outros estados – foi encerrado após acordo entre as associações de PMs e o Governo do Estado.

O prazo para que os militares retornem às ruas termina às 7 da manhã deste sábado, 11.

O movimento da PM capixaba alertou o Brasil, sobretudo porque influenciou policiais de outros estados, incluindo o Maranhão, que nem motivos para paralisação tem.

Mas esta é uma outra história…

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. LEMBREI DE MAQUIAVEL, OLHEM O QUE O GOVERNADOR DO MARANHÃO JÁ ESTÁ DISSEMINANDO COM MEDO DE PARALISAÇÃO NO ESTADO.
    A partir de maio de 2017, o Maranhão pagará o sexto maior subsídio ao Policial Militar em início de carreira no país. Medida neste sentido está assegurada pelo orçamento estadual. O subsídio inicial do soldado da PMMA e do CBPMA, que será efetuado ainda dentro do mês como tem procedido o governo do Estado durante todo o período desde janeiro de 2015, será de R$ 4.019, 62. A esse valor ainda são acrescentadas gratificações que no total o aproxima de R$ 5 mil. No estado do Rio de Janeiro, onde os policiais estão com salários atrasados e parte do décimo terceiro ainda não foi pago, o inicial do soldado da PM não alcança R$ 2 mil. (Nota: Ele só esqueceu dolosamente de dizer que a Receita Corrente Líquida do Maranhão só vem subindo com o aumento da alíquota do ICMS, a intensa fiscalização do IPVA e o fim das renúncias e isenções tributárias, além de omitir que após a criação do subsídio, os militares praticamente só tem R$ 300,00 de auxílio alimentação e uma função que não soma em nada)
    Pela tabela de salários da PM do país, o Maranhão ficará apenas abaixo de Brasília, Goiás, Santa Catarina, Minas Gerais e Tocantins. Na capital do país, o salário do PM em início de carreira atualmente é de R$ 4.700,00, seguida de Goiás, com R$ 4.485, 00; Santa Catarina com 4.143,67; Minas Gerais que paga R$ 4.143,87, e, por fim, Tocantins onde soldado tem subsídio de R$ 4.056,67. (Nota: Enquanto ele se vangloria só salário do Soldado, esquece mais uma vez de dizer que esse soldado após quase 10 anos é promovido à Cabo PM e receberá um aumento líquido de R$ 73,00, ou seja, temos um achatamento salarial, ele elevou o salário do Soldado para evitar greves e desprestigiou as demais graduações e postos, sem falar que quando observamos o salário inicial e final da carreira dos OFICIAIS é um dos PIORES DO BRASIL, O NOSSO CORONEL está muito aquém de outros estados, com diferenças maiores de R$ 10.000,00, sem falar que quando vão pra reserva remunerada perdem quase mais de R$ 3000,00, fez isso porque os oficiais não se mobilizam e aguentam calados com a espera de um reconhecimento que NUNCA VIRÁ)
    A corporação no Estado hoje é formada por cerca de 9 mil policiais militares. Mil destes foram incorporados por ato do governador Flávio Dino ao assumir o governo, em 1º de janeiro de 2015. No país inteiro está havendo um esvaziamento dos quartéis da PM. Em Brasília entre janeiro e a primeira semana de fevereiro, mas de 1,2 mil policiais pediram desligamento, ingressaram com pedidos de aposentadoria ou simplesmente trocaram a corporação por outra profissão. (Nota: tal fenômeno já ocorre na PMMA é só procurar a DP/4 e observar a evasão em aposentadorias e por aprovação em outros concursos públicos, só Capitães PM perdemos mais de 6 nos últimos concursos da Polícia Civil e Carreira do MP, e outros que já estão aprovados aguardando nomeação para se despedir da PM, além dos Soldados novos que logo que passam em outro cargo não titubeiam e vão embora)
    Em maio os subsídios do coronel, maior posto da Policia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, que passará a R$ 15.312,82, sem contar as gratificações. Segundo ainda a tabela de subsídios, o aluno do Centro de Formação da Policia do primeiro, segundo e terceiro ano terão subsídios entre R$ 3.062,56 e R$ 3.368,82. (Nota: Mais uma vez utiliza uma informação isolada e joga para a população, pois preferimos que pague PARCELADO o subsídio da PMSC, PMMG, PMSE etc. do que se vangloriar de pagar o subsídio do Maranhão em uma única vez. Em suma: O nosso Maquiavel elevou o subsídio do soldado para ter o marketing do sexto salário do Brasil e achatou todos os subsídios pra cima, o que resulta numa desvalorização das graduações, pois ser sargento após 20 anos e ser soldado com um dia de serviço tem apenas uma diferença líquida de R$ 140,00, além do nosso coronel que é só viajar pelo Brasil que tem um subsídio que nos envergonha, e pasmem no Maranhão nós temos 33 deles).
    Fale a verdade Governador, as famílias dos militares estaduais sabem a verdade é você não vai nos enganar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *