1

Eduardo Braide alerta para fechamento do polo siderúrgico e desemprego em Açailândia…

Eduardo Braide se preocupa como polo de Açaikândia

O deputado Eduardo Braide (PMN) usou a tribuna nesta terça-feira, 14, para fazer um alerta sobre a situação do polo siderúrgico em Açailândia, no sul do Estado.

Duas siderúrgicas (Guarany e Pindaré) encerrarão suas atividades nos próximos meses, desempregando cerca de 2.000 pessoas diretamente.

– Nós, enquanto Assembleia Legislativa, que no ano passado teve uma comissão formada especificamente para tratar da crise da siderurgia naquela região, não podemos fechar os olhos para essa situação agora – assegurou o deputado, ao anunciar um requerimento pedindo uma audiência da Comissão de Assuntos Econômicos no município para averiguar a situação.

Em seu discurso, Eduardo Braide solicitou ainda que o Governo do Estado receba os representantes da cidade de Açailândia. O vereador Jarlis Adelino, Antonio da Silva Brito, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Açailândia e Região do Maranhão, o diretor Pedro Nery, além dos representantes dos trabalhadores, Lucas Renan e Francisco Barbosa, relataram a situação ao parlamentar e esperam uma solução.

– Por conta dessas demissões que precisamos evitar, por conta dos pais e mães de família que aguardam uma solução, é que aproveito para fazer um pleito ao governador do Estado. Que ele possa receber a comitiva formada pelos representantes de Açailândia. Que haja a intermediação do Poder Executivo para a reabilitação do polo siderúrgico com a conclusão de novos investimentos na região. Tenho certeza de que o Governo não quer ver nenhuma crise na siderurgia – afirmou Braide.

Ao encerrar seu pronunciamento, Eduardo Braide solicitou que a Comissão da Assembleia que vai até Açailândia seja formada com brevidade.

– Já apresentei à Mesa, uma nova ida e a formação dessa Comissão que espero, seja indicada o mais rápido possível pelos líderes de bloco, para que juntos discutamos com a população desse município tão importante para o desenvolvimento do Maranhão, uma solução para essa crise, já que não é justo afetar milhares de famílias daquela região com uma demissão em massa. Eles não merecem isso – finalizou o deputado.

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. amigo é verdade que roseana nao vai ser candidata pq sabe que ela nao arrisca se nao tiver quase igual em pesquisa com Dino e ela sozinha sabe q nao tira de dino ? q sarney chefe vai sondar entre roberto rocha e maura jorge em pesquisa depois de julho pra saber quem ta mais forte pra encabeçar a majoritaria e quem for mais de confiança dos dois? q definido esse, poe adriano sarney como vice? que tb que uns dos filho de sarney preferem maura por causa de povo e outros preferem RR por causa do mandato de senado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *