2

Deputados repudiam arrocho aos professores…

Eduardo Braide, Edilázio Júnior e Wellington do Curso entendem que o governo, Flávio Dino está enganando a categoria ao tentar mudar o Estatuto do Magistério para que a GAM incida apenas na parte salarial sem os demais benefícios

 

Não existe escola digna sem remuneração digna. Os professores persistiram e lutaram por anos pelo Estatuto do Magistério. Este instrumento tão importante não pode ser rasgado por uma Medida Provisória que vai contra os direitos dos professores. Continuaremos na defesa desses direitos, que na votação da MP no plenário desta Casa, texto será adequado ao Estatuto”

Deputado Eduardo Braide (PMN), em discurso na reunião da CCJ na Assembleia Legislativa

Quero me solidarizar com os educadores do Estado que tanto acreditaram na mudança, jamais pensaram que um governador, que foi advogado de sindicatos, que é professor, iria também propor um mau trato como vem sendo com os educadores. Fomos autor também da lei da meia-entrada para os professores; podem contar com o deputado Edilázio aqui, para defender o interesse do educador”

Deputado Edilázio Júnior (PV), em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa

Tal Medida Provisória, dentre outras coisas, congela vencimentos dos professores ao violar o art.32 do atual Estatuto, que impõe obrigatoriamente o reajuste dos vencimentos, coisa que não acontecerá caso a Medida seja aprovada. Já que o Governador não atendeu a uma solicitação com a minha voz, que ao menos tenha a sensibilidade para acatar as necessidades dos professores”

Deputado Wellington do Curso (PP), em texto encaminhado à imprensa

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. A falta de clareza do teor da proposta cria um ambiente propício para esse tipo de debate que pouco contribui para as pessoas fazer um juízo do valor.
    Alguém conhece o tero da medida?
    Alguém se habilita a dizer quais são os reais prejuízos para categoria do educadores caso a medida venha ser aprovada?

  2. Caríssimo Marco, a mesma coisa está acontecendo com a categoria dos AGENTES PENITENCIÁRIOS, esse governo maldito e mentiroso, pra dar uma “esmola” à categoria, inventou uma tal de mudança de nomenclatura, ao que tudo indica, para impedir que no futuro, a categoria fique impedida de buscar na justiça a gratificação de nível superior. Foi a pior desgraça que aconteceu, foi eleger isso que aí está.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *