0

Roberto Rocha vai a Caxias e anuncia investimentos e projetos para a região…

Senador falou do projeto de criar um “Porto Seco” na cidade e falou a acadêmicos da Uema sobre emendas para o curso e para a revitalização do rio Itapecuru

 

Rocha falou sobre a importância estratégica de Caxias para a economia do Maranhão

 

O senador Roberto Rocha esteve, nesta quinta-feira, 16, visitando o município de Caxias-MA, ocasião em que participou do Road Show, evento realizado pela prefeitura de Caxias com o apoio do Banco do Nordeste – que tem o maranhense ocupando uma importante diretoria – Rosendo Júnior, na diretoria de Negócios

O senador anunciou que enviou ao Ministro da Fazenda Henrique Meirelles um ofício submetendo à apreciação a implantação, em Caxias, de uma Estação Aduaneira do Interior – EADI, também chamado de “Porto Seco” que se traduz em aproveitar a situação geográfica estratégica do município em relação aos portos do Itaqui (MA), Pecém (CE) e Barcarena (PA), com três modais de rodoviário, ferroviário e hidroviário.

Eventos protagonizados pelo senador têm reunido centenas de pessoas de todas as classes sociais

– Essa é uma ideia que acalento há anos e que tenho discutido com políticos como os ex-deputados Paulo Marinho e Rubens Pereira. Combinamos até de fazer um sobrevoo de helicóptero na área. O Brasil possui 63 portos secos em funcionamento. Para se ter uma ideia, nosso Porto do Itaqui utiliza o Porto Seco de Anápolis como parceiro estratégico. Ou seja, ajuda a produzir riqueza em Goiás. O Porto Seco é um entreposto aduaneiro que utiliza um regime especial chamado Depósito Alfandegado Certificado – DAC, pelo qual a empresa pode exportar, com liquidação do câmbio antes do embarque das mercadorias. O Porto Seco de Caxias transformaria a cidade e a região, tal qual aconteceu em Anápolis – comparou Rocha.

Rocha falou também a estudantes de Medicina da Uema/Caxias

De acordo com estudos do deputado, Caxias situa-se na área de influência do Porto do Itaqui, tornando-se ponto estratégico para o processo logístico de armazenagem e movimentação de cargas de toda a região, influenciando todo o comércio exterior do Maranhão, do norte do estado do Tocantins e parte do noroeste da Bahia.

Ainda em Caxias, Roberto visitou a UEMA e falou à comunidade acadêmica de Medicina sobre as emendas de R$ 600 mil para equipar o ambulatório do curso e da emenda para Codevasf para revitalização do Rio Itapecuru.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *