0

Vazamento pode ter atingido operação da PF contra vazamento…

Governo Flávio Dino está obrigado a dar os motivos da exoneração do ex-adjunto da Sejap, Danilo Santos, sob pena de botar em xeque investigação que levou blogueiros e funcionários públicos para a cadeia

 

Delegados falam da Operação Turing: vazamento?

A investigação Turing, da Polícia Federal, que levou à prisão blogueiros e servidores da própria Polícia Federal, nesta terça-feira, 21, foi deflagrada para coibir vazamentos de investigações da PF.

Mas a demissão de Danilo Santos Silva do cargo de secretário-adjunto da Secretaria de Administração Penitenciária do governo Flávio Dino (PCdoB) levanta suspeitas de que possa ter havido vazamento na própria operação contra vazamento.

Danilo é apontado como o cabeça da organização criminosa desbaratada nesta quarta-feira,  foi exonerado da Sejap no dia 9 de março, segundo revelou o blog de Daniel Matos.

O mesmo blog de Daniel Matos destaca que a demissão do auxiliar de Flávio Dino se deu no mesmo período em que a PF montava a operação, com os encaminhamentos dos pedidos de prisão, de condução coercitiva e de busca e apreensão. (Leia aqui)

A decisão do juiz Magno Linhares, da 2ª Vara Federal atingiu 19 pessoas em São Luís.

Mas o cabeça da organização já estava devidamente exonerado do governo comunista… 

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *