1

Vitima de cyberbuylling, estudante pode desistir de faculdade…

O servidor portuário David Barros, 37, teve montagens depreciativas com sua foto, após postá-la em seu perfil de rede social e denunciou o caso à polícia

 

David Barros, ao registrar ocorrência na delegacia: constrangimento ilegal

O servidor portuário e estudante universitário David Barros procurou a polícia esta semana para denunciar um caso de cyberbullying.

Ele foi vítima de montagens depreciativas com uma foto que postou em seu perfil nas redes sociais, ao se formar em um curso técnico. A partir de então, internautas passaram a usar a foto em situações constrangedoras para Barros.

–  Poxa, eu estava em um momento de felicidade. Não sei porque fizeram isso. Estou, sim, muito triste – disse ele.

A primeira trolagem surgiu no perfil “Arthur Silvapereira”, no Facebook, mas já ganhou outras redes sociais e até aplicativos de troca de mensagens.

– Essa montagem já circula também no WhatsApp. As pessoas me olham na rua ficam sorrindo, Isso é muito chato”, comenta Davi, lembrando que parente seus também estão convivendo com o problema.

– Minha família também não gostou. Minha namorada também ficou irritada – disse ele.

Um dos autores do buylling: ofensa e ridicularização

Davi revela que familiares também estão bastante chateados. Muito abalado, ele já considera não ingressar em uma faculdade na qual já passou no vestibular, temendo iniciar os estudos tendo que encarar essa situação.

Amigos e internautas de várias partes do país se solidarizaram com a situação.

A polícia já está investigando os autores do buylling…

Com informações de O EstadoMaranhão

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Êita, mundo…

    Agora a pessoa procura a delegacia por causa de apelido. Se eu fosse na delegacia todas as vezes em que me chamaram de salsicha e vara-pau…

    Essas pessoas quebradiças de hoje irão destruir o amanhã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *