4

SMTT discute na Câmara realidade dos defensores de taxi…

Com a presença do secretário Canindé Barros, audiência organizada pelo vereador Marcial Lima reuniu 16 vereadores, líderes comunitários e população envolvida no debate

 

Canindé Barros participou da audiências e explicou as questões inerentes aos taxis

O secretário Canindé  Barros , titular da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) participou de audiência pública na Câmara Municipal de São Luís, nesta sexta-feira, 31, para discutir questões sobre a realidade dos defensores de taxis da capital.

A audiência, promovida pelo vereador Marcial Lima (PEN), contou com a participação de 16 vereadores, líderes de comunidade, ex-vereadores, imprensa e a comunidade envolvida nas discussões.

Com grande participação de público, a audiência foi uma oportunidade para serem levantadas várias questões  ligadas ao serviço de táxis, demandadas tanto pela categoria que executa esse serviço com pelos respectivos usuários.

Mesmo numa sexta-feira, a audiência reuniu 16 vereadores, lideranças comunitárias e profissionais do setor

Para o secretário Canindé Barros a audiência foi uma oportunidade satisfatória para discutir vários problemas que envolvem atualmente o serviço de taxis na capital e que, vez por outra, gera muita polêmica.

Entre essas questões estão a regulamentação do serviço de vários defensores.

– Diante das questões levantadas, visando solucionar vários problemas do setor, foi formada uma comissão para tal fim. Essa comissão é formada tanto pela comissão de transporte que já existe na Câmara, como por outros membros representantes da classe de taxistas e afins – disse o secretário.

Na oportunidade, vários vereadores  destacaram a importância do trabalho que está sendo realizado na Secretaria de Trânsito e Transporte, através do Secretário Canindé Barros.

Ressaltaram  ação como a licitação do Sistema de Transporte Público de São Luís, que trouxe grandes avanços e melhorias em todo o sistema.

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Muito sensato essa audiência, pois além de ajudarem no desenvolvimento turístico da cidade, esses taxistas desenvolvem de certa forma, a mobilidade urbana da cidade, por isso é interessante que seja devidamente legalizada suas situações.

  2. Todos possuem seus direitos, é correto haver esse debate sobre as condições de trabalho para eles!

  3. MARCO, esse parlamento municipal e submisso, os carrinhos, os taxis lotaçao ou qualquer outra dominação que queiram dar .., der !! é crime organizado financiado diretamente pela prefeitura. … ou caso contrario os profissionais sindicalizados são marginalizados !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *