5

Felipe Camarão começa a mostrar a cara…

Discreto, e sempre pronto a pedir a jornalistas para que não o envolvam na dicotomia entre o grupo Sarney e o governo Flávio Dino, secretário de Educação decidiu assumir o seu lado político

 

Felipe Camarão com Flávio Dino: às favas com a história

É comum a este blog, sempre que trata de algum assunto relacionado à Secretaria de Educação, ouvir do titular Felipe Camarão o argumento abaixo:

– Prefiro que não me envolva nessa questão. Veja que fico quieto no meu canto; não me envolvo nessa briga.

Mas agora parece que, por um motivo ou outro, o secretário deixou de ficar quieto; e partiu para cima não só dos políticos que fazem oposição como da própria mídia que registra os senões do seu governo.

Contra a TV Mirante, saiu-se com esta:

– Desinformação é algo terrível. TV do sistema oposicionista não sabe que quem cuida de creches são os municípios e não o Governo do Estado.

Print do posicionamento no Twitter: manguinhas de fora

E sobrou até para a deputada Andrea Murad (PMDB), de quem ele fala também sem citar nomes, usando o mesmo argumento.

– Desinformação é algo terrível. Deputada oposicionista não sabe que só na sua base eleitoral o governo reconstruiu três escolas.

Até então, Felipe Camarão demonstrava certo temor de envolver-se na disputa entre o grupo Sarney e o governo Flávio Dino, alegando tratar as coisas apenas no âmbito técnico.

Agora deixou claro de que lado vai ficar.

E começou a tratar as coisas politicamente…

Marco Aurélio D'Eça

5 Comments

  1. Infelizmente, quem conhece Felipe sabe que ele não desce do muro, quer ser sempre o amigão de todos, com isso ele sempre terá acesso livre para os 2 lados. O próprio pai dele sempre foi beneficiado pelo grupo Sarney, tudo que teve foi com o grupo, mas hoje virou comunista igual ao filho, pena que esquecem que isso passa e dura apenas 4 anos. Felipe só é esse bom Secretário porque está numa secretaria com dinheiro, tava no ostracismo quando esteve na SEGEP.

  2. Joaquim Haickel sempre lúcido e inteligente comentando sobre política, ele está fazendo falta na assembléia Legislativa.

  3. Marco, eu tenho me envolvido pouco nas questiúnculas politicas, mas penso que nessa eu deva me intrometer, uma vez que vejo no secretario de educação, Felipe Camarão, uma pessoa coerente e um homem sensato.
    Nunca ouvi da boca de Felipe o apelo para não ser envolvido em questões políticas. O que acredito que ele faça é não baixar à patamares inaceitáveis o nível da discussão, como é comum entre membros dos dois lados da política maranhense.
    Da mesma forma, tenho visto que Felipe, assim como outros membros deste governo, como o secretário da saúde, Carlos Lula, o secretário de fazenda, Marcellus Ribeiro, o presidente da EMAP, Ted Lago e alguns outros bons quadros, destoam do governador, de seu lugar tenente e outros que tais, que baixam o nível do debate.
    Felipe, nestes recortes que você fixa em sua postagem, fez exatamente aquilo que uma pessoa sensata e coerente faria! Rechaça a inverdade que ele acredita estar sendo divulgada.
    Ele faz isso de maneira firme, como não poderia deixar de ser, e fazendo isso, mesmo que discorde politicamente do grupo político que ele faz parte, tenho que louvar sua firmeza, pois nela se apoia a confiança que parece colocar sobre seus ombros o governador Flavio Dino, de quem discordo em muitos aspectos, mas que neste, no de confiar no trabalho de Felipe, de Lula, de Marcellus, de Ted e de alguns outros bons quadros que o ajudam, devo apoiar.

    Resp.: Se quiser, mostro as mensagens que ele manda pra mim. Tenho todas…Exatamente com as aspas colocadas no post. E com todo respeito, meu caro, não entendo porque você teria que ouvir isso da boca do Felipe….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *