0

Júnior Verde destaca resultados da XI Reunião do Parlamento Amazônico…

Os deputados reunidos e Imperatriz, no Parlamento Amazônico

Em pronunciamento nesta quarta-feira, 3, na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Júnior Verde (PRB) destacou os resultados da XI Reunião do Parlamento Amazônico, realizada na semana passada, na Câmara de Vereadores de Imperatriz.

A criação da Frente Parlamentar em Defesa da Criação do Maranhão do Sul foi uma das principais deliberações tomadas no Fórum.

Depois de se reunir nas nove capitais dos estados que o integram (MA, TO, MT, AC, RO, RR, AP, AM e PA), o Parlamento Amazônico decidiu interiorizar suas ações, agendando reuniões para importante cidades da região do Amazonas, como é o caso de Marabá (PA), a primeira a sediar o Parlamento Amazônico, e, depois, Imperatriz.

– É a segunda reunião, nessa Legislatura, realizada no Maranhão. Imperatriz é o portal da Amazônia Legal e precisava ter sua agenda de desenvolvimento debatida nesse parlamento – ressaltou o parlamentar.

Além de Júnior Verde, o encontro reuniu os deputados estaduais maranhenses Wellington do Curso (PP), Léo Cunha (PSC), Professor Marco Aurélio (PCdoB), Edilázio Júnior (PV), Hemetério Weba (PV) e Eduardo Braide (PMN).

– Temos muitos temas a discutir, mas o Parlamento Amazônico deve aprofundar novas fontes de energia limpa para impulsionar o desenvolvimento da região como, por exemplo, a energia solar – acrescentou.

Foram encaminhadas as seguintes propostas:

1) Solicitação ao Ministério do Meio Ambiente um estudo sobre a concessão de licenças ambientais;

2) Implantação da Frente Parlamentar em Defesa da Criação do Maranhão do Sul;

3) Instalação da Frente Parlamentar Brasil/China nas Assembleias Legislativas; 4)

Solicitação ao Ministério da Educação o aumento em 20% do valor custo/aluno para os estados da região Amazônica;

5) Elaboração e divulgação da Carta de Imperatriz, contendo as proposições aprovadas na XI Reunião do Parlamento Amazônico.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *