0

Governo Dino anuncia como pronta escola fechada há mais de um ano…

Deputado Wellington do Curso denunciou que a propaganda comunista inclui obras que nunca sequer saíram do papel, enganando a população maranhense

 

ENGANAÇÃO
Propaganda comunista anuncia 574 escolas reformadas; algumas, nunca sequer saíram do papel

Professores e alunos da rede estadual de ensino denunciaram ontem, na Assembleia Legislativa, a propaganda enganosa do governo Flávio Dino (PCdoB) sobre a situação das escolas no Maranhão.

– Enquanto a propaganda fala em mais de 500 escolas reformadas ou totalmente reconstruídas, o que temos são centenas de escolas abandonadas. Eu sei da realidade das salas de aula. Se o Governador ou Secretário não sabem, eles bem que poderiam passar por aqui e saber que nem reforma tivemos – denunciaram os professores.

Recepcionista dos professores, o deputado Wellington do Curso (PP) citou obras paralisadas no Cintra e em escolas de Açailândia, para mostrar que a propaganda do governo é mentirosa.

FRAUDE ESTATÍSTICA
Lista do governo Dino aponta escola em Açailândia como pronta desde 2015…

– O Governador publicou uma foto falando de uma reforma no colégio Cintra. Professores procuraram o gabinete e disseram que não se fez reforma nenhuma de verdade. O que se fez foi pintar. Atendendo as denúncias, eu fui pessoalmente visitar o local e o que encontrei foram janelas quebradas e sem vidros. Da realidade, não se pode duvidar…já da propaganda, fica difícil acreditar em uma real mudança – disse Wellington.

Ainda durante o pronunciamento, outra escola citada foi a Antônio Carlos Beckman, conhecida como Bandeirantes, no município de Açailândia.

Uma obra que tinha previsão para durar 120 dias, já se arrasta por quase um ano.

ABANDONO
…Mas professores e alunos mostraram fotos que provam a real situação de abandono da escola

– Trata-se da reforma da escola que começou há quase um ano e, até agora, não foi concluída, prejudicando mais de 700 alunos. De acordo com a placa que está no local, o prazo para conclusão seria de 120 dias, o que não foi respeitado, já que ao que parece, a conclusão ainda está distante. O pior nem é isso. O pior é que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação, enviou ofício à Assembleia Legislativa com a relação das escolas reformadas ou reconstruídas e consta no documento que a escola Antonio Carlos Beckman foi reformada em 2015. Erram ao redigir o documento? Porque a escola Carlos Beckman não foi reformada. É assim que eles trabalham? Na propaganda, é de um jeito. Na realidade, é outra. Se for de fato dessa forma, não se pode esquecer que isso caracteriza um desrespeito com alunos e professores, podendo até mesmo caracterizar improbidade administrativa – disparou Wellington.

O deputado levará a situação até à Comissão de Educação da Assembleia, encaminhará ofício cobrando ao Governo do Estado para que conclua a obra.

Também oficializará a denúncia ao Ministério Público…

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *